Robô que interage com animais e crianças é sensação em evento

Kuri custa US$ 899 (R$ 3.000) e começou a ser entregue em dezembro

Kuri the Adorable Home Robot at TED2018 - The Age of Amazement, April 10 - 14, 2018, Vancouver, BC, Canada. Photo: Jason Redmond / TEDs
Robô Kuri, que sai por US$ 899 (R$ 3.000) nos EUA - Jason Redmond / TED
Fernanda Ezabella
Vancouver (Canadá)

Jen Capasso passa a mão na cabeça de Kuri, que responde piscando os olhos e com uma leve vibração do corpinho de metal. Afinal, Kuri é um robô de 50 centímetros criado para circular em sua casa e interagir com animais e crianças. Ela (ou ele) não fala, mas sabe como miar, latir e tocar sua estação favorita do Spotify.

Três Kuris circulavam pelo TED na semana passada, evento conhecido por trazer curiosidades tecnológicas. Outras novidades, já disponíveis no mercado, foram uma câmera de 16 lentes e um anel que guarda suas senhas.

Kuri custa US$ 899 (R$ 3.000) e começou a ser entregue em dezembro. A ideia veio de duas engenheiras da empresa alemã de eletrodomésticos Bosch. Com seis quilos, Kuri tem uma câmera no olho esquerdo que serve para segurança à distância, identificação e vídeos de cinco segundos.

"Não queríamos que fosse grande demais para ser assustador, nem pequeno demais para tropeçarmos nele", disse a diretora de marketing Capasso.

"As engenheiras pensavam na Rosie, dos Jetsons, como exemplo. A ideia é ser um companheiro da casa."

Enquanto Kuri não ganha superpoderes da Rosie, alguns palestrantes do TED trouxeram produtos potencialmente mais úteis, como o anel Token, que usa impressão digital, sensor ótico e bluetooth para guardar senhas, cartões de crédito e chaves de casa e do carro. Fora do dedo do dono, deixa de funcionar.

O produto está sendo testado em Nova York e há lista de espera.O engenheiro Rajiv Laroia, que inventou boa parte da tecnologia 4G LTE dos celulares, subiu ao palco para mostrar a nova câmera fotográfica L16.

Com 16 lentes acopladas, a câmera compacta consegue combinar mais de 10 imagens numa foto de 52 megapixel.Para Laroia, a máquina não muda apenas suas fotos de viagem, mas pode trazer oportunidades de uso na medicina, segurança, produtos de realidade virtual e carros autônomos

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.