Caminhoneiros do Rio relatam que motoristas de caminhões tanque deixaram paralisação

Abastecimento permaneceu comprometido ao longo do final de semana

Caminhoneiros que participam do movimento em frente a Reduc, refinaria da Petrobras em Duque de Caxias, região metropolitana do Rio, relataram a Folha que a categoria de motoristas de caminhões tanque, que transportam combustíveis, deixaram a greve. 

Dois integrantes do movimento, que pediram para não ter o nome publicado, confirmaram à Folha a informação. 

Desde segunda-feira passada (21), que os tanqueiros aderiram ao movimento. 

 

Os caminhoneiros chegaram a bloquear o acesso à refinaria, afetando a distribuição para postos da cidade.

Mesmo com a decisão do governo de fazer escoltas para caminhões carregarem na refinaria, o abastecimento permaneceu comprometido ao longo do final de semana, justamente devido à adesão dos tanqueiros ao movimento. 

Um caminhoneiros avisou a reportagem que no fim da manhã que os tanqueiros tinham "roído a corda". 
Na manhã desta segunda ainda resta um pequeno grupo de caminhoneiros na porta da Reduc. O protesto foi engrossado mais cedo por motoristas de vans da cidade.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.