Fazenda irá reduzir projeção de alta do PIB de 2018 para 1,6%

Previsão anterior era de 2,5%; perda de ritmo da recuperação e caminhoneiros explicam queda

Maeli Prado
Brasília

O governo vai reduzir sua projeção de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de 2,5% para 1,6% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2018.

A informação foi antecipada pelo ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo. 

A mudança será feita oficialmente durante a divulgação do relatório de receitas e despesas do governo, que será publicado na próxima semana. 

Os analistas de mercado ouvidos pelo Banco Central no boletim Focus esperam uma alta de 1,5%. Há quatro semanas, essa expectativa era de 1,9%. 

No final do mês passado, o BC também diminuiu sua projeção para a expansão da atividade econômica neste ano para 1,6%.

A autoridade monetária atribuiu a mudança à perda de ritmo da recuperação, à estagnação da confiança de empresas e consumidores na economia e à paralisação dos caminhoneiros.

O BC revisou para baixo o desempenho esperado da indústria, comércio e serviços e consumo.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.