Bitcoin volta a cair e fica abaixo de US$ 4.500, menor valor em 2018

Criptomoeda perdeu cerca de 75% de seu valor desde dezembro de 2017

Londres | Reuters

bitcoin chegou a despencar mais de 10% nesta terça-feira e ficou abaixo dos US$ 4.500 (cerca de R$ 17 mil).

Com isso, a queda da criptomoeda mais conhecida do mundo em um semana supera os 25%.

O movimento ocorre após período de relativa estabilidade que durou alguns meses, nos quais o bitcoin foi cotado em valores ao redor de US$ 6.500.

Operadoras afirmam que a perda de valor é resultado de intensificação de vendas de criptomoedas, impulsionado por operadores da Ásia que estariam alavancados.

Além disso, uma restrição regulatória no comércio de criptomoedas no início de 2018 e uma queda no interesse dos investidores também estariam entre os fatores para o declínio.

O bitcoin está sendo negociado atualmente a US$ 4.354,20, seu nível mais baixo na bolsa Bitstamp desde outubro de 2017. 

Outras moedas também sofreram perdas acentuadas. A ether perdeu 10% do valor, e a ripple caiu 13% em movimento provocado essencialmente pelo fator emocional.

 No pior momento do dia, o bitcoin foi cotado a US$ 4.237,09.

As perdas nos mercados de criptomoedas coincidem com quedas nos mercados acionários nesta terça-feira. 

Na Europa, resultados foram influenciados por resultados ruins do varejo e, nos Estados Unidos, por quedas nas ações da Apple.

A moeda perdeu cerca de 75% do seu valor desde o pico em dezembro.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.