Apple vai lançar aplicativo do iTunes para televisões da Samsung

Iniciativa indica reação da empresa de manter faturamento em cenário em que usuários trocam menos de celular

São Paulo

A Apple dará acesso ao iTunes, plataforma de conteúdo em música e vídeo da empresa, para donos de televisões de sua rival sul-coreana Samsung.

Os televisores da marca devem passar a contar com o aplicativo na primavera no hemisfério norte (a partir do  próximo trimestre), segundo anúncio da Samsung na feira de tecnologia CES, em Las Vegas.

O acordo, que vai em direção oposta à tradição da empresa de manter seus serviços exclusivamente para quem usa aparelhos desenvolvidos por ela, é parte de uma mudança de estratégia da Apple, que está enfrentando fracas vendas na China e um saturado mercado global de smartphones, em que os usuários estão permanecendo por mais tempo com seus aparelhos e impactando os negócios da empresa. 
Como resultado, a Apple está se apoiando cada vez mais em seu segmento de serviços, que inclui negócios como o sistema de armazenamento iCloud, além de seus empreendimentos nas áreas de música e televisão. 

A Apple anunciou vários acordos de alto nível para criar conteúdos originais de televisão, incluindo um programa com Oprah Winfrey, mas ainda não disse como planeja distribuir esse conteúdo ou quando o serviço será lançado.
 

A parceria com a Samsung permitirá que o conteúdo do aplicativo da Apple seja acessado com comandos de voz feitos para a assistente virtual Bixby, da Samsung.

Também será possível usar o Airplay 2 para disponibilizar na televisão vídeos, músicas e fotos armazenados no iPhone.

Muitos acordos que já existem entre empresas de conteúdo e fabricantes de smart TVs envolvem um pagamento das empresas de conteúdo para os fabricantes dos televisores pelo direito de aparecer em seus dispositivos. A Apple e a Samsung se recusaram a comentar se a Apple está pagando alguma taxa ou um percentual das vendas feitas nos televisores sob o novo acordo.
 

A notícia vem após uma queda de 10% acentuada nas ações da Apple, resultante da perspectiva de vendas abaixo do esperado deiPhones iPhones no mercado chinês.

Em novembro, a Apple anunciou que daria acesso à plataforma Music para donos de aparelhos Echo, da Amazon.

Com Reuters

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.