Brasil será seguro para investimentos, em especial em agro, diz Bolsonaro

Em Davos, presidente diz que negócios florescerão "sem viés ideológico"

São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou ao chegar em Davos, na Suíça, para o Fórum Econômico Mundial, que o governo está tomando medidas para tornar o Brasil seguro e atraente para investimentos “sem viés ideológico”, em especial no setor de agronegócios. 

O presidente Jair Bolsonaro e ministros durante viagem a Davos
O presidente Jair Bolsonaro e ministros durante viagem a Davos - Reprodução/ Twitter

Disse ainda que a agenda econômica durante o evento, como discussões a respeito das privatizações que o governo quer fazer, se concentrará no ministro da Economia, Paulo Guedes. 

“O Brasil está tomando medidas para que o mundo restabeleça a confiança em nós, que os negócios voltem a florescer sem viés ideológico, para que possa ser seguro para investimentos, principalmente de agronegócios”, declarou em entrevista à Globonews e à NBR. “Estamos aqui para mostrar que o Brasil mudou”. 

Ele declarou ainda que o seu discurso será curto. 

“Será um discurso curto, objetivo e claro”, disse. 

Questionado sobre a situação da Venezuela, Bolsonaro disse que o país “está com problema não é de hoje”. “Esperamos que o governo da Venezuela mude”. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.