Abras vê crescimento de 3% em vendas de supermercados do Brasil em 2019

Em dezembro, cesta de produtos encareceu 3,72% em comparação a 2017, para R$ 465,7

São Paulo | Reuters

As vendas de supermercados no Brasil devem aumentar 3% em 2019, após alta de 2,07% no ano passado, de acordo com a entidade que representa o setor, Abras.

A expectativa de aceleração do crescimento leva em conta as medidas econômicas já anunciadas pelo novo governo, incluindo controle de gastos, simplificação de impostos e desestatização do mercado de crédito, segundo o presidente da associação, João Sanzovo Neto.

Ele ressaltou que o aumento de 2,07% das vendas do setor em 2018 ficou aquém do desempenho esperado pela Abras, em razão da greve dos caminhoneiros e das incertezas com a disputa eleitoral.

"Mesmo assim, crescer 2% nesse cenário é muito positivo, e foi nosso melhor resultado desde 2015”, disse Sanzovo.

Só em dezembro, as vendas do setor tiveram alta real de 21,13% sobre novembro e de 3,93% ante o mesmo mês de 2017, mostrou o levantamento.

Ainda conforme a pesquisa, a cesta de produtos encareceu 0,92% em dezembro na comparação mensal e de 3,72% ano a ano, para R$ 465,7.

Entre os produtos, cebola, batata, feijão e carne foram os que tiveram maior valorização ante novembro, enquanto farinha de mandioca, massa sêmola de espaguete, desinfetante e xampu registraram as maiores quedas.

0
Consumidora escolhe produtos em mercado - Fabio Braga/Folhapress
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.