Ações da Raia Drogasil sobem mais de 7% após compra da Onofre

Bolsa e dólar recuaram nesta quarta-feira

Tássia Kastner
São Paulo

As ações da Raia Drogasil registraram forte alta nesta quarta-feira (27), após a empresa anunciar a compra da concorrente Onofre. Isso trouxe alguma notícia para a Bolsa brasileira, que segue em um fevereiro pouco expressivo. O dólar recuou.

As ações da companhia subiram 7,46% e fecharam cotadas a R$ 65,49. No ano, a alta acumulada é de 14,6%. O peso da companhia no Ibovespa, o principal índice acionário do país, é pequeno, 0,821%. A Raia Drogasil comprou a Onofre do grupo americano CVS, em operação anunciada na noite de terça-feira (26). Os valores não foram divulgados.

O Ibovespa encerrou o dia em queda de 0,30%, cotado a 97.307 pontos. O giro financeiro foi de R$ 12,8 bilhões, abaixo da média diária do ano.

A queda da Bolsa também foi minimizada pela alta nos papéis da Petrobras, que anunciou fechamento de sedes administrativas em diversos países. Além disso, investidores se posicionavam para a divulgação de resultados da companhia após o fechamento do mercado.

Uma das pressões negativas foi a decisão da Moody’s de retirar o selo de bom pagador da Vale, ainda na esteira do rompimento da barragem de Brumadinho (MG) há um mês. Os papéis da companhia cederam 0,78%.

No exterior, o dia foi de leve queda para as principais Bolsas americanas  e europeias.

O dólar recuou 0,37%, a R$ 3,7310.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.