Agropecuária fica estagnada em 2018

Setor que foi um dos motores do PIB em 2017 não cresceu no ano seguinte

Lucas Vettorazzo Flavia Lima
Rio de Janeiro

Depois de ter desempenhado papel importante na economia em 2017, o setor da agropecuária ficou estagnado em 2018, divulgou o IBGE na manhã desta quinta-feira (28). O dado faz parte do resultado do PIB (Produto Interno Bruto) do ano passado. 

No acumulado de 2018, o segmento apresentou variação de 0,1% frente a igual período do ano anterior. O percentual é decepcionante se considerado o resultado de 2017, quando o setor teve crescimento de 12,5% na mesma base de comparação, beneficiado principalmente pelas exportações e o aumento do preço dos alimentos. 

Em 2018, a agropecuária sofreu o impacto da chamada super safra, que aumentou a produção de alimentos no país, mas que pressionou os preços para baixo. A paralisação dos caminhoneiros, ocorrida ao longo de maio, também contribuiu para o desempenho menor do agro.

O setor foi o de pior desempenho quando considerada a ótica da produção sobre o PIB, ficando atrás de indústria (0,6%) e serviços (1,3%). Se considerada a ótica da demanda, o desempenho da agricultura só ficou atrás do consumo do governo, que não apresentou variação percentual no período. Em 2017, a agropecuária havia sido o setor de melhor desempenho no PIB. 

 

Na comparação dos últimos três meses do ano com o trimestre imediatamente anterior, a agropecuária cresceu apenas 0,2%. Já na comparação do quarto trimestre com igual período do ano anterior, o setor cresceu 2,4%. O final do ano foi de melhora para a agropecuária, a reboque da melhora dos preços dos alimentos.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.