Banco digital alemão N26 vai abrir operação no Brasil

Companhia ainda precisa de uma licença do Banco Central para funcionar como banco

São Paulo | Reuters

O banco digital alemão N26 vai abrir uma subsidiária no Brasil na próxima semana, em seu primeiro movimento para entrar na América Latina, afirmou o diretor da companhia para o país nesta quarta-feira (27).

Eduardo Prota afirmou que o N26, que levantou US$ 300 milhões em janeiro em uma nova rodada de financiamento que avaliou a startup em US$ 2,7 bilhões, vai oferecer um pacote de serviços bancários acessíveis via dispositivos móveis por meio de uma parceria com um banco local, que ainda será formada.

Cartão do banco alemão N26
Cartão do banco alemão N26 - Divulgação

O N26 ainda precisa de uma licença do Banco Central para funcionar como banco, afirmou o executivo.

O banco alemão tem 2,5 milhões de clientes em 24 países da Europa e vai competir no Brasil contra bancos digitais como Nubank, que tem mais de 2,5 milhões de contas digitais, Banco Inter, e C6Bank, que iniciou operações em janeiro.

Os investidores do N26 incluem Insight Venture Partners, o fundo soberano de Singapura, Tencent Holdings, o braço de investimento digital do grupo segurador Allianz e o investidor do Vale do Silício Peter Thiel.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.