Contribuinte já pode baixar hoje programa da declaração do IR

É possível antecipar preenchimento da declaração, que deve ser enviada de 7 de março a 30 de abril

São Paulo

A Receita Federal libera nesta segunda os programas para a declaração do Imposto de Renda de 2019. Há versões para computador, smartphones e tablets.

Com o programa em mãos, o contribuinte poderá antecipar o preenchimento da declaração, que deverá ser enviada de 7 de março a 30 de abril.

O programa para computadores poderá ser baixado no site do fisco, em receita.economia.gov.br. Já os aplicativos estão disponíveis nas lojas Google Play (para celulares Android) e App Store (para iPhones e iPads).

São obrigados a fazer a declaração de Imposto de Renda os contribuintes que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano passado, quem obteve, na atividade rural, receita bruta superior a R$ 142.798,50 ou quem recebeu rendimento isento, não tributável ou tributável exclusivamente na fonte superior a R$ 40 mil.

Também é obrigado a apresentar declaração de IR quem teve ganho de capital com venda de bens, sujeito à incidência do imposto, realizou operação em Bolsa de Valores e teve, em 31 de dezembro, posse de bens ou direitos de valor superior a R$ 300 mil.

Leão IR
Folhapress

Até o fim do prazo, o fisco espera receber 30,5 milhões de declarações em 2019. No ano passado, o número foi de 29,2 milhões.

Neste ano, contribuintes saberão mais rapidamente se a declaração foi retida em malha fina. A Receita promete processar as declarações em até 24 horas, mas o prazo pode não ser tão rápido nos primeiros e nos últimos dias para declaração, que concentram maior fluxo de entrega.

Se o erro for do contribuinte, ele poderá fazer a retificação e evitar ter o dinheiro da restituição retido.

No ano passado, 600 mil pessoas caíram em malha fina, segundo a Receita.

As normas para preenchimento do sistema tiveram pouca variação em relação a 2018. Uma das mudanças obriga o declarante a informar o CPF de dependentes e beneficiários de pensão alimentícia.

Houve ainda um ajuste no valor permitido para dedução de gastos com empregado doméstico. O valor foi de R$ 1.171,84 no ano passado para R$ 1.200,32 neste ano.

A Receita afirma, porém, que este pode ser o último ano em que será permitida a dedução dessa despesa.

A prorrogação do abatimento fiscal depende de um novo projeto de lei.

As restituições devem ser pagas em sete lotes, entre 17 de junho e 16 de dezembro. No primeiro lote, a

Receita prioriza os pagamentos a idosos e professores.


IR 2019

25.fev programa para declaração pode ser baixado

7.mar a 30.abr período de entrega da declaração

Junho a dezembro pagamento de restituições

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.