Descrição de chapéu Previdência Governo Bolsonaro

Bolsonaro diz ter certeza que Congresso aprovará Previdência

'Câmara e Senado vão fazer suas possíveis correções, que nós não somos perfeitos', disse

Brasília

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (28) ter certeza que a Câmara dos Deputados e o Senado aprovarão a reforma da Previdência e que as duas Casas podem fazer possíveis correções ao texto enviado pelo governo. Ele também pediu que os parlamentares deem a devida celeridade à tramitação da proposta.

Bolsonaro repetiu ainda, após dias de tumultuado clima político, que o bate-boca público com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) é página virada.

“Com toda a certeza a Câmara e o Senado vão fazer as suas possíveis correções, que nós não somos perfeitos. Contamos obviamente com os 513 deputados e os 81 senadores para que aperfeiçoem a proposta, deem a devida celeridade, para que o Brasil possa decolar”, disse o presidente em transmissão pelo Facebook, afirmando que a reforma “é para que o Brasil não quebre”.

“Eu tenho certeza que ela será aprovada pela Câmara e pelo Senado”, afirmou. A reforma foi o último tema a ser abordado no live e quase esquecido pelo presidente, que o resgatou antes de encerrar a transmissão.

O envolvimento direto de Bolsonaro na defesa da reforma tem sido um ponto crítico dentre as insatisfações na relação entre parlamentares e o governo.

Bolsonaro comemorou ainda resultado de leilão da ferrovia Norte-Sul, feito nesta quinta e que resultou em arrecadação de R$ 2,7 bilhões para o governo. O presidente afirmou que o leilão significa uma retomada no transporte ferroviário do país.

O presidente também acenou aos caminhoneiros, e prometeu novas medidas para a categoria, que vem demonstrando insatisfação e voltam a surgir rumores de paralisação.

Reuters

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.