Avianca paga taxas aeroportuárias e garante operação em Guarulhos

Concessionária GRU havia informado na quinta (11) que aérea só poderia decolar do aeroporto mediante pagamento

São Paulo

A Avianca Brasil realizou o pagamento de tarifas aeroportuárias e opera normalmente no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, nesta sexta-feira (12). 

A informação foi confirmada pela GRU Airport, administradora dos terminais, que até agora diz que ainda não foram feitos os acertos de valores para este final de semana. 

Sem mais detalhes, a Avianca informou que está realizando os pagamentos "para garantir suas atividades nos aeroportos onde opera".

Na quinta (11), a companhia aérea já havia sido notificada da mudança do critério de cobrança das tarifas, segundo nota da GRU.

Pela lei, as empresas aéreas cobram as taxas dos passageiros, mas devem fazer o repasse integral aos operadores dos terminais. A Avianca, porém, tem atrasado os repasses às concessionárias dos principais aeroportos onde opera.

Além da GRU, as concessionárias dos terminais de Florianópolis, Fortaleza e Salvador também têm sofrido com a inadimplência da companhia, segundo a Anac.

Os atrasos chegam a acumular até oito meses, segundo pessoas familiarizadas com a situação da companhia aérea.

Nesta terça-feira (9), a Floripa Airport, subsidiária do Grupo Zurich que administra o terminal de Florianópolis, chegou a anunciar que "devido à crescente inadimplência da Avianca Brasil", poderia interromper os voos da marca a partir do dia 12 de abril. Nesta quinta-feira (11), porém, chegou a um acordo com a empresa.

A aérea enfrenta um inquérito policial devido a uma dívida de R$ 10 milhões com a Vinci, que administra o aeroporto de Salvador, também relativa à inadimplência de taxas de embarque.

A concessionária tem exigido o pagamento antecipado e diário dos voos da Avianca para permitir a decolagem. As partidas desta sexta (12) já foram pagas.

Situação semelhante ocorreu com a Fraport Brasil, que opera os aeroportos de Porto Alegre e Fortaleza. 

Procurada, a Avianca diz  que está "realizando os pagamentos para garantir suas atividades nos aeroportos onde opera."

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.