Descrição de chapéu IR 2019

Pouco mais de 1 em cada 4 contribuintes entregou declaração do IR

Folha e Sage respondem a dúvidas de leitores até 30 de abril, fim do prazo para prestação de contas

São Paulo

A menos da metade do fim do prazo para entrega do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) 2019, pouco mais de 1 em cada 4 contribuintes entregou a declaração, informou a Receita Federal. 

Até a última segunda-feira (1º), cerca de 8,3 milhões de declarações haviam sido recebidas. A expectativa para este ano, segundo o órgão, é a de que 30,5 milhões de contribuintes prestem contas ao Leão.

No estado de São Paulo, a situação é parecida. Apenas 28% do total de contribuintes esperados já fez a entrega. Até esta quarta-feira (03), 2,8 milhões de declarações haviam sido computadas no estado. A expectativa da Receita é a de que 9,8 milhões de paulistas prestem contas.

O prazo de entrega teve início em 7 de março e vai até 30 de abril. 

Dúvidas dos leitores

Folha e Sage IOB respondem a perguntas de leitores sobre o Imposto de Renda, entre terça-feira e domingo. Mande suas questões para tireduvidasdoir@grupofolha.com.br.

Também é possível consultar as questões já respondidas, por tema ou por palavra-chave.

Leão usando um notebook
Leão do Imposto de Renda - Catarina Pignato

Restit​uição

Para quem respeitar o prazo e prestar contas sem erros ou inconsistências, a restituição deve sair logo nos primeiros lotes.

"A Receita Federal informa que a restituição será feita pela ordem de entrega das declarações. Isso significa que, quanto mais antecipado o contribuinte entregar, maior será a chance de receber nos primeiros lotes. Quantos mais dias se passarem, o contribuinte vai ficando para os últimos meses da restituição", explica Andrea Nicolini, coordenadora de impostos da Sage Brasil.

A prioridade continua sendo para idosos a partir de 60 anos, pessoas com doença grave ou deficiência física ou mental - ou que tenham dependente nessas condições - e professores. Contribuintes que se enquadram nessa faixa devem começar a receber as devoluções em junho, caso não tenham caído na malha fina da Receita. 

Veja as principais regras do Imposto de Renda 2019

Prazo para declaração - 7.mar a 30.abr

Quem é obrigado a declarar IR?

Quem em 2018:

  • teve renda tributável acima de R$ 28.559,70
  • teve renda isenta,  não tributável ou  tributada na fonte acima de R$ 40 mil
  • registrou lucro em operações em Bolsa
  • vendeu imóvel e teve isenção de Imposto de Renda sobre o lucro
  • teve receita bruta anual superior a R$ 142.798,50 com produção agrícola ou quer compensar prejuízos
  • tinha em 31 de dezembro bens acima de R$ 300 mil
  • passou a ser residente  no Brasil em 2018 

Como declarar

  • Pelo computador,  baixando o programa em receita.economia.gov.br
  • Pelo celular, com o aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível nas lojas Google Play (Android) e App Store (iOS)

Principais novidades

  • Contribuinte precisa declarar CPF de dependentes de qualquer idade
  • Será possível saber  se a declaração foi retida em malha fina em cerca de 24 horas e corrigi-la

Limite para  deduções de imposto

  • Gastos com saúde:  não há teto; despesas sem comprovação costumam levar contribuinte à malha fina
  • Dependentes:  R$ 2.275,08
  • Educação:  R$ 3.561,50
  • Trabalhador doméstico (apenas um por declaração): R$ 1.200,32

Multa por atraso

  • 1% ao mês, limitado a 20% do valor devido
  • R$ 165,74 é o valor mínimo da multa

Pagamento de imposto

  • Até 30 de abril não há acréscimo de juros sobre o imposto devido
  • É possível parcelar o pagamento do imposto, com juros
  • O contribuinte pode pagar boleto bancário ou débito em conta
  • Para débito automático, a declaração deve ser entregue até 31 de março

Restituição
Será paga a partir de junho, para as prioridades legais (idosos, professores e pessoas com doença grave ou deficiência física ou mental)

  • 1º lote: 17.jun
  • 2º lote: 15.jul
  • 3º lote: 15.ago
  • 4º lote: 16.set
  • 5º lote: 15.out
  • 6º lote: 18.nov
  • 7º lote: 16.dez
0
Site da Receita Federal - Prazo para entrega do IRPF (Imposto de Renda de Pessoa Física) 2019 vai até 30 de abril - FramePhoto/Folhapress
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.