Clientes do Banco Inter relatam instabilidade para usar serviços

Instituição tem 2 milhões de clientes e oferece apenas serviços digitais

São Paulo

Clientes do Banco Inter relatam dificuldades para usar os serviços do banco nesta segunda-feira (20), dia tradicional de pagamento de salários e vencimento de contas. Os primeiros relatos de instabilidade começaram antes do meio-dia e persistiam até o final da tarde.

O Banco Inter tem atualmente 2 milhões de correntistas, que usam os serviços do banco exclusivamente por canais digitais.

A instabilidade impede clientes de acessar o aplicativo e o internet banking. Quem consegue acessar, reclama de dificuldades de efetuar e receber transferências.

Nas redes sociais, foram registradas ainda queixas por demora em conseguir falar com um atendente sobre a instabilidade.

Procurado, o banco afirmou que o problema foi restrito ao aplicativo.

"O Banco Inter informa que em função de uma atualização no app, foi registrada uma inconsistência temporária no acesso. No período, os correntistas continuaram utilizando os serviços via Internet Banking. Os nossos canais de atendimento estão à disposição dos nossos clientes por meio de chat, telefone e redes sociais", disse o banco em nota.

Às 17h10, o banco afirmou que sistema estava normalizado.

O Banco Inter ganhou escala ao oferecer serviços bancários sem cobrança de tarifas de seus clientes, posicionado como um banco digital.

Diferente de uma fintech, porém, oferece toda a gama de serviços bancários, como conta-corrente, cartões, investimentos e crédito.

Conforme ganhou escala, o banco também ficou mais vulnerável, registrando casos de vazamentos de dados de correntistas.

Em um dos casos, de 2018, o banco fechou acordo para pagar R$ 1,5 milhão como indenização.

Executivos do Banco Inter em estreia das ações na Bolsa
Executivos do Banco Inter em estreia das ações na Bolsa - Cauê Diniz/B3

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.