Crescimento da indústria dos EUA cai para ritmo mais fraco em 10 anos, diz pesquisa

Novas encomendas recuaram primeira vez desde 2009 em meio à intensificação da guerra comercial com China

Washington | Reuters

O crescimento da indústria dos Estados Unidos enfraqueceu com força em maio, chegando ao ritmo mais lento em quase uma década, e as novas encomendas recuaram primeira vez desde agosto de 2009 em meio à intensificação da disputa comercial entre EUA e China, mostraram dados do IHS Markit nesta quinta-feira (23).

Em sua pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) preliminar, o Markit disse que o PMI de indústria caiu para 50,6 de 52,6 em abril, menor nível desde setembro de 2009.

Trabalhadores em Portage, Indiana, nos EUA.
Crescimento da indústria dos Estados Unidos chega ao ritmo mais lento de quase uma década em maio - AFP

Economistas consultados pela Reuters esperavam uma leitura de 52,5. Número acima de 50 indica crescimento.

Os serviços também apresentaram fraqueza uma vez que o PMI preliminar do setor caiu a 50,9 de 53,0 em abril, nível mais baixo desde fevereiro de 2016. A expectativa era de 53,2.

Com isso, o PMI Composto do Markit foi a 50,9, resultado mais fraco desde março de 2016, de 53,0 no mês passado.

"O crescimento da atividade empresarial desacelerou com força em maio uma vez que as preocupações comerciais e o aumento da incerteza deram um golpe nas encomendas e na confiança empresarial", disse o economista-chefe do IHS Markit, Chris Williamson.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.