Investidor brasileiro está mais otimista que estrangeiro, aponta pesquisa

Diferença entre percepções sobre a economia global é de 24 pontos percentuais

Júlia Moura
São Paulo

Setenta e cinco por cento dos investidores brasileiros estão otimistas com a economia global contra 51% dos estrangeiros. O percentual se repete quanto à percepção de brasileiros sobre a economia local. Os dados são de pesquisa conduzida pela UBS Global Wealth Management e divulgada nesta terça-feira (7).

Dentre os estrangeiros, 60% estão otimistas quanto à economia brasileira, 22% permanecem neutros e 18%, pessimistas. Entre brasileiros, 75% são otimistas, 15% neutros e 10% otimistas.

Visitantes observam painel da BM&FBovespa, em São Paulo
75% dos investidores brasileiros estão otimistas com economia local - France Presse

Entre os investidores no exterior, 56% estão otimistas com ações de companhias brasileiras, 27% permanecem neutros e 17%, pessimistas. Já 74% dos brasileiros seguem confiantes com papéis domésticos, 18% estão neutros e 8% pessimistas.

Se comparadas à percepção global, as ações brasileiras estão em melhor análise. Apenas 49% dos estrangeiros estão otimistas com ações no geral, 34% seguem neutros e 17% pessimistas.

A confiança dos brasileiros também se destaca nos planos de investimento, 68% querem investir mais nos próximos seis meses e operar mais no mercado nos próximos três meses. Menos da metade dos estrangeiros optam pelo mesmo caminho.

O sentimento positivo também predomina entre empreendedores, 73% dos brasileiros planejam investir mais no próprio negócio nos próximos 12 meses. Entre estrangeiros, o percentual é de apenas 37%.

Dentre as maiores preocupações dos investidores locais estão a inflação, a dívida pública e o cenário político.

A pesquisa ouviu 150 investidores no Brasil com, no mínimo, US$ 1 milhão (R$ 3,97 milhões) investido e 52 empreendedores com, no mínimo, US$ 250 mil (R$ 993 mil de lucro anual) e um empregado —além de si próprios. Os dados foram coletados de 14 a 16 de março deste ano.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.