Positivo assina compromisso de venda de sistema de ensino para Arco

Negócio de R$ 1,65 bilhão envolve 650 mil alunos e 3.000 escolas conveniadas

Katna Baran
Curitiba

O Grupo Positivo acertou nesta terça-feira (7) a venda do seu sistema de ensino para o grupo brasileiro Arco Educação, pelo valor de R$ 1,65 bilhão. Atual líder do mercado, o Positivo possui 650 mil alunos e 3.000 escolas conveniadas.

A transação ainda tem que ser aprovada pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), o que deve ocorrer em até seis meses, mas os conselhos administrativos dos grupos já fecharam o acordo.

Apesar de englobar o sistema de ensino e parte da Editora Positivo, ficaram de fora da transação entre as empresas o sistema de ensino Aprende Brasil, instituições próprias de ensino básico ou superior do Positivo, assim como as demais empresas ou áreas do grupo.

“O grupo [Arco] já havia nos procurado e é muito sério. Eles também nasceram de uma escola, montaram seu sistema de ensino e houve uma complementariedade, uma sintonia, para que pudéssemos fechar o negócio”, afirmou o vice-presidente do Positivo, Lucas Guimarães.

De acordo com informações da Nasdaq —não confirmadas pelo Positivo—, o valor do negócio será dividido da seguinte forma: 50% pagos no momento do fechamento do acordo e o restante diluído num prazo de cinco anos, sendo 10% pagos em 2021, 10% em 2022 e 15% em cada um dos dois anos seguintes.

Guimarães disse que o negócio faz parte de uma decisão estratégica do grupo, que quer manter o foco na área de ensino. “A ideia por trás disso é manter mais foco no nosso DNA, que é a área de ensino, nossa grande prioridade”, disse.

O Positivo nasceu em 1972, como um curso de pré-vestibular na capital paranaense. A metodologia desenvolvida se transformou no Sistema Positivo de Ensino, que se espalhou por todo o Brasil. O empreendimento se desdobrou em um conglomerado que atualmente possuiu gráfica, editora de materiais didáticos, colégios, universidade e fabricante de celulares e equipamentos de informática.

Já a Arco Educação nasceu pelo Colégio Ari de Sá, em 2006, e também desenvolveu sua metodologia de ensino. A empresa atende a 500 mil alunos e 1,4 mil escolas privadas de todo país com suas marcas e, recentemente, foi a primeira brasileira a abrir seu capital na Nasdaq, nos EUA.

0
Grupo positivo venderá seu sistema de ensino para o grupo brasileiro Arco Educação - Folhapress
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.