Veja como aumentar sua renda da aposentadoria

Segurado deve atentar para regras de concessão e de revisão de benefícios

São Paulo | Agora

Aumentar o valor da aposentadoria do INSS é algo possível para quem ainda está na ativa e, até mesmo, para quem já começou a receber o benefício.

O sucesso na busca pela maior renda na aposentadoria, dentro dos limites da média salarial de cada trabalhador, pode depender do conhecimento do segurado sobre as regras de concessão e de revisão de benefícios.

Para quem ainda está na ativa, o mais importante é conhecer qual a melhor aposentadoria, orienta o consultor em direito previdenciário Átila Abella, cofundador do site Previdenciarista.

"Às vezes, o trabalhador já pode se aposentar, mas se esperar um pouco, ele conseguirá um benefício integral."

Além de entender as regras de concessão de cada benefício —como as aposentadorias por idade, por tempo de contribuição e especial—, é necessário compreender os três principais componentes do cálculo: a média salarial, o fator previdenciário e a fórmula 86/96.

Mas se o trabalhador já está aposentado, a revisão do cálculo inicial do benefício quase sempre é a única possibilidade para elevar o valor da renda paga pelo INSS.

"As revisões mais comuns são aquelas que tratam de fatos ocorridos na análise do pedido de aposentadoria, como o descarte indevido de um período de contribuição ou a averiguação errada de valores recolhidos", diz.

A revisão, porém, depende da comprovação da falha.

Uma forma de fazer isso é verificar se as contribuições utilizadas no cálculo do INSS batem com as anotações na carteira profissional ou nos recibos de pagamento.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.