Caixa vai vender R$ 7,2 bilhões em ações da Petrobras

Ao todo, banco estatal venderá 241,3 milhões de ações da Petrobras

Nicola Pamplona
Rio de Janeiro

A venda de ações da Petrobras pela Caixa Econômica Federal deve movimentar R$ 7,2 bilhões, considerando o valor atual dos papéis. Desse total, R$ 7 bilhões ficarão com o banco. As informações constam de prospecto da operação divulgado nesta segunda (10) pela Petrobras. 

Ao todo, a Caixa venderá 241,3 milhões de ações da Petrobras, o equivalente a 1,85% do capital da companhia. A operação envolve apenas ações ordinárias, aquelas que dão direito a voto em assembleia de acionistas –o banco detém uma fatia de 3,2% dessas ações. 

Fila em frente a agência da Caixa Econômica Federal
Fila em frente a agência da Caixa Econômica Federal - Edson Lopes Jr./UOL

De acordo com a Petrobras, a Caixa ficará com as 36,3 milhões de ações preferenciais, que não têm direito a voto, mas preferência no pagamento de dividendos, que tem em sua carteira. O valor equivale a 0,36% do capital total da estatal.

A estimativa de ganho com a operação foi feita com base na cotação das ações no dia 7 de junho, quando os papeis eram negociados a R$ 29,75. O preço final, porém, só é definido após procedimento conhecido como "bookbuilding", que consiste em uma avaliação da demanda do mercado pelos papéis.

A operação de venda das ações será coordenada pela própria Caixa, com a participação dos bancos UBS, Morgan Stanley, BofA Merril Lynch e XP Investimentos. O cronograma prevê sua conclusão no fim do mês.

Investidores não institucionais, isto é, pessoas físicas, poderão investir entre R$ 3.000 e R$ 1 milhão. Se a compra for via fundo de investimento, o valor mínimo pode ser de R$ 100.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.