EUA e China declaram trégua em guerra comercial

Em reunião de G20, Donald Trump e Xi Jinping concordaram em retomar negociações

Osaka | AFP

Os presidentes dos Estados Unidos e da China, Donald Trump e Xi Jinping, respectivamente, concordaram em retomar negociações comerciais depois de reunião no G20, em Osaka, no Japão.

De acordo com a agência oficial chinesa Xinhua, Trump decidiu abandonar a ameaça de impor novas tarifas à importação produtos chineses. "Tivemos um encontro muito bom com o presidente chinês, eu diria excelente", disse Trump depois da reunião. 

A conversa entre os dois presidentes era um dos eventos mais esperados do G20, que reuniu líderes das 20 maiores economias. 

Neste sábado (29), Trump também falou, sem dar detalhes, sobre a possibilidade de abrandar o veto à Huawei, gigante tecnológica chinesa. "As empresas americanas podem vender seus equipamentos para a Huawei", afirmou o presidente dos EUA em coletiva de imprensa ao final da cúpula. 

No entanto, ainda não está claro como a atitude dos EUA em relação à empresa chinesa irá mudar.

Em maio, o governo Trump ameaçou colocar a Huawei em uma lista negra de empresas que estão proibidas de vender tecnologia nos EUA. A marcar foi acusada de espionagem em favor de Pequim. O grupo negou. 

Um porta-voz da Huawei contactado pela AFP se recusou a comentar as declarações de Trump.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.