Após três cortes, Petrobras aumenta preço do diesel em 3,9%

Este foi o primeiro reajuste desde que a companhia pôs fim ao prazo mínimo para mudanças no preço do combustível, em junho

Nicola Pamplona
Rio de Janeiro

A Petrobras anunciou nesta segunda (1) aumento de 3,9%, em média, no preço do óleo diesel vendido por suas refinarias. Foi o primeiro reajuste desde 12 de junho, quando a companhia pôs fim ao prazo mínimo para mudanças no preço do combustível.

Segundo a estatal, o aumento é de R$ 0,081 por litro. A partir desta terça (2), portanto, o diesel será vendido, em média, a R$ 1,9854 por litro. O repasse ao consumidor, porém, dependerá de políticas comerciais de distribuidoras e postos.

Segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis), o preço do diesel nas bombas vem caindo a cinco semanas consecutivas, como reflexo de três cortes promovidos pela Petrobras nas refinarias —o último, em junho, foi de 4,6%.

Diesel ficará em média 3,9% mais caro nas refinarias da Petrobras - Zanone Fraissat-2.fev.2015/Folhapress

Na média nacional, de acordo com os dados da agência, o litro do óleo diesel foi vendido pelos postos a R$ 3,570 por litro na semana passada, baixa de 4,4% com relação ao verificado um mês antes. O movimento de queda respondeu a redução nas cotações internacionais do petróleo.

No dia 12 de junho, a Petrobras anunciou nova alteração em sua política de preços, eliminando o prazo mínimo de 15 dias para reajustes estabelecido em março, como resposta a crescentes pressões dos caminhoneiros contra aumentos no início do ano.

A empresa avaliou que os prazos mínimos prejudicavam sua capacidade de competição em um momento de queda nas cotações internacionais, abrindo janelas de oportunidade para importações por companhias privadas. 

O preço da gasolina vendida pela Petrobras permanece inalterado nesta terça —o último reajuste ocorreu no dia 10 de junho, com corte de 3%. 

Segundo a ANP, também neste caso, o valor de bomba vem registrando constante queda: já são sete semanas de redução. Na semana passada, o preço médio do combustível nos postos brasileiros foi R$ 4,425 por litro, 2,73% a menos do que um mês antes.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.