Dona do Viena e do Frango Assado se une à da Pizza Hut e do KFC no Brasil

International Meal Company fechou acordo de associação com família Martins para inclusão de MultiQSR

São Paulo

A IMC (International Meal Company Alimentação) fechou acordo de incorporação da MultiQSR, empresa do ramo de alimentação rápida do grupo Sforza, de Carlos Wizard Martins.

A MultiQSR é a detentora dos direitos de máster franquia da Pizza Hut e KFC no Brasil. Já a IMC é dona de marcas como Frango Assado, Viena, Batata Inglesa, além de ser responsável pela operação no Brasil de restaurantes como Olive Garden.

A combinação das empresas, se implementada, pode resultar em uma companhia com faturamento de mais de R$ 2 bilhões.

Com a incorporação, a família Martins receberá, em conjunto, 29.387.930 ações ordinárias de emissão da IMC, equivalentes a 15% do total de ações ordinárias da companhia, passando a ser a maior acionista individual da empresa.

Após a fusão, a família Martins vai transferir 2,08% do capital social da IMC para a Yum! Brands, controladora da KFC International e Pizza Hut International.

Fachada de uma unidade da Pizza Hut
A International Meal Company Alimentação fechou acordo de associação com a Família Martins para a incorporação da detentora da Pizza Hut e KFC no Brasil - Reuters

A fusão ainda precisa ser aprovada por assembleia geral e posteriormente pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência).

Como parte das negociações da incorporação, haverá aumento do número de membros do conselho de administração, bem como destituição e eleição do colegiado. 

A empresa vai passar a ter sete conselheiros, sendo dois indicados pela família Martins e um pela Yum. 

A combinação da IMC com os sistemas Pizza Hut e KFC, caso implementada, resultará em uma companhia única no setor de food service que, considerando 2018, teria faturado mais de R$ 1,8 bilhão em receita bruta (ou aproximadamente R$ 2,3 bilhões, considerando o faturamento também de franqueados) e mais de 460 pontos de vendas (incluindo franqueados).

Com a Reuters

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.