Juros ao consumidor deve ter pouco impacto com redução da Selic, diz Anefac

Em média, taxa fica em 6,67% ao mês contra a atual 6,71%

São Paulo

A redução de 0,5 ponto percentual da Selic, anunciada nesta quarta-feira (31), deve ter pouco impacto no juros ao consumidor. Segundo a Anefac (Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), o custo médio do crédito deve ser de 6,67% ao ano com a taxa básica de juros em 6%. Com a Selic anterior, o custo era de 6,71%

“Este fato ocorre uma vez que existe um deslocamento muito grande entre a taxa Selic e as taxas de juros cobradas aos consumidores. Na média da pessoa física, eles atingem 117,88% ao ano, uma variação de mais de 1.700% entre as duas pontas”, diz Miguel José Ribeiro de Oliveira, diretor executivo de Estudos e Pesquisas Econômicas da Anefac.

Além disso, no mês passado, o custo do crédito já havia caído mesmo com a manutenção da Selic em 6,5%.

Para a pessoa jurídica, a taxa média de juros com a nova Selic cai de 3,39% para 3,35% ao mês.

Abaixo, veja simulações feitas pela Anefac para a Selic a 6% nas operações de crédito para pessoa física.

IMPACTO EM EMPRÉSTIMOS

Confira como ficam os juros ao consumidor com o juro básico a 6%:

Compra de geladeira de R$ 1.500 em 12 parcelas

  Taxa mensal, em % Quantidade de parcelas    Valor da parcela, em R$ Valor final, em R$
Selic a 6% ao ano 4,96% 12 168,86 2.026,28

Compra de veículo de R$ 40.000 em 60 meses

  Taxa mensal, em %  Quantidade de parcelas  Valor da parcela, em R$  Valor final, em R$ 
Selic a 6% ao ano  1,56% 60 1.031,47

61.888,15

Uso de R$ 3.000 no rotativo do cartão de crédito por 30 dias

  Taxa mensal, em %    Valor dos juros, em R$ 
Selic a 6% ao ano   11,45 343,50

Uso de R$ 1.000 por 20 dias no cheque especial

  Taxa mensal, em % Valor dos juros, em R$
Selic a 6% ao ano 11,75

78,33

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.