Apple suspende programa de análise de gravações da Siri

Decisão foi tomada depois que preocupações com a privacidade foram levantadas sobre o programa

Bangalore | Reuters

A Apple anunciou nesta sexta-feira (2) que suspendeu seu programa global em que analisa gravações de usuários interagindo com sua assistente de voz Siri. A decisão foi tomada depois que algumas preocupações com a privacidade foram levantadas sobre o programa.

A decisão da Apple ocorre após uma reportagem do jornal The Guardian publicada na semana passada. A reportagem dizia que os contratados pela empresa ao redor do mundo para revisar as gravações ouviam regularmente informações confidenciais e conversas particulares.

"Enquanto realizamos uma revisão completa, estamos suspendendo as análises da Siri globalmente", disse uma porta-voz da Apple em um comunicado. Ele também acrescentou que em uma futura atualização de software, os usuários poderão optar por não participar do programa.

 

Siri, a icônica assistente de voz da Apple, permite que os usuários utilizem seu iPhone sem usar as mãos, podendo enviar mensagens, fazer chamadas e abrir vários aplicativos com comandos de voz.

Em um esforço para realizar verificações de qualidade e melhorar as respostas da assistente de voz, os contratados classificaram as respostas da Siri conforme as perguntas dos usuários, relatou o The Guardian. Eles também analisaram se a resposta foi acionada acidentalmente, sem uma consulta deliberada do usuário, disse o jornal.

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.