Forever 21 se prepara para pedido de concordata

Marca opera mais de 800 lojas nos Estados Unidos, Europa, Ásia e América Latina

Bloomberg

A cadeia de varejo de moda Forever 21 está se preparando para um potencial pedido de concordata, devido à redução de seu caixa e à falta de opções viáveis de recuperação, segundo pessoas informadas sobre os planos da marca.

A companhia vem negociando em busca de financiamento adicional e trabalhando com uma equipe de assessores para ajudá-la a reestruturar sua dívida, mas as negociações com possíveis investidores não avançaram até o momento, disseram as fontes.

Assim, o foco foi transferido para garantir um potencial empréstimo por credores, que assumiriam o controle da companhia e pediriam concordata, ainda que reste algum prazo para chegar a um acordo de último minuto que evite a necessidade de recorrer à Justiça.

Um pedido de concordata ajudaria a empresa a se livrar de lojas deficitárias e a recapitalizar seus negócios, disseram as fontes, que pediram que seus nomes não fossem mencionados, invocando o sigilo das negociações.

Representantes da Forever 21 não responderam a um pedido de comentário.

O cofundador Do Won Chang vinha tendo por foco manter sua participação acionária controladora na companhia, o que restringia suas opções de capitalização.

Uma facção de dirigentes da Forever 21, sem a aprovação de Chang, solicitou aos proprietários dos imóveis alugados pela empresa que considerem assumir uma participação na companhia, em meio a desacordos dentro de sua liderança.

Fundada em 1984, a Forever 21 opera mais de 800 lojas nos Estados Unidos, Europa, Ásia e América Latina.

Bloomberg, tradução de Paulo Migliacci

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.