Descrição de chapéu Folha Informações

Vídeo da BR-381 é verdadeiro, mas trecho feito sob Bolsonaro é um terço do informado

Filmagem é de trecho asfaltado de 35km, postagens o relacionam a trecho de 115km

São Paulo

Uma página de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) compartilhou um vídeo com imagens de um trecho recém-asfaltado da BR-381 (MG) e o descreve na legenda como se fosse outro, três vezes maior.

Como verificado pelo projeto Comprova, o vídeo é verdadeiro e mostra trechos asfaltados e um túnel da BR-381 entre Nova Era e Antônio Dias, em Minas Gerais. A distância entre as duas cidades é de 35 km.

Na descrição enganosa, o trecho é apresentado como sendo entre Belo Horizonte e João Monlevade, também ligadas pela BR-381, mas distantes 115 km.

Inicialmente, a legenda da postagem com o vídeo diz que o trecho liberado para o tráfego fica entre Belo Horizonte e João Monlevade. Mas, ao ouvir o vídeo, nota-se que o autor da gravação fala que o trecho filmado corresponde ao caminho entre os municípios de Nova Era e Antônio Dias. 

A postagem verificada teve, até o dia 19 de agosto, mais de 4.800 compartilhamentos e 150 mil visualizações.

O mapa mostra a localização e a distância de quatro cidades, em duas duplas.Trecho menor tem 35 km e liga Nova Era a Antônio Dias, já trecho maior liga Belo Horizonte e João Monlevade, distantes 115 km.
Trecho menor tem 35 km e liga Nova Era a Antônio Dias, já trecho maior liga Belo Horizonte e João Monlevade, distantes 115 km. - Reprodução/Google Maps

Para confirmar o que efetivamente estava sendo filmado, o Comprova fez contato com a página "Bolsonaro BAHIA", que postou o conteúdo, e com seu administrador, a fim de encontrar a fonte primária da gravação, mas não obteve resposta.

Posteriormente, ao acessar o YouTube e colocar as palavras-chave “Nova Era Antônio Dias” chegou-se a um vídeo com a mesma duração e mostrando o mesmo trecho postado em 21 de julho de 2019.

O Comprova encontrou perfil de usuário de mesmo nome no Facebook, no qual constava a publicação, em 22 de julho deste ano, do mesmo vídeo viralizado. Na legenda constava:  "só quis expressar minha satisfação com o andamento das obras e a redução dos trechos perigosos. Não tem nada a ver com política, só espero que o título de rodovia da morte acabe".

Um dia antes, em 21 de julho, o usuário havia publicado um outro vídeo da mesma estrada com a seguinte descrição: “Muito feliz por passar no túnel entre Nova Era e Antônio Dias já mostram um certo progresso na BR-381”. O Comprova tentou entrar em contato com o usuário, que, entretanto, não respondeu.

A BR-381 é popularmente conhecida como “Rodovia da Morte” devido ao grande número de acidentes que ocorrem na estrada. O trecho entre Belo Horizonte e João Monlevade, citado na descrição enganosa da postagem no Facebook, tem uma média de um acidente por dia, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Em nota, o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) confirmou a localização da filmagem e declarou que esta foi feita “certamente no trecho de pista nova do Lote 3.1”, do qual faz parte o túnel Antônio Dias.

A duplicação à qual o autor do vídeo se refere ainda não foi concluída. Segundo o DNIT, “foram entregues 15 quilômetros do lote 3.1 de pista nova e com piso de concreto. A pista está funcionando como um desvio de obra e nos dois sentidos. Isso ocorre para que seja feita a modernização do trecho já existente. Os desvios são realizados nos quilômetros 303 e 314 e os motoristas têm acesso aos túneis Antônio Dias e Prainha”.

O DNIT também explicou que após a modernização da pista antiga, o trecho já liberado passará a ser de pista dupla, com os veículos trafegando apenas no sentido Governador Valadares a Belo Horizonte, direção oposta à vista na filmagem.

A iniciativa "Nova 381", movimento do setor empresarial de Minas Gerais com o objetivo de promover o desenvolvimento socioeconômico do estado a partir da BR-381, tem um portal em que registra o andamento das obras da estrada, que vai de Governador Valadares até Belo Horizonte, passando por, dentre outras cidades, Antônio Dias e Nova Era. 

A BR-381 corta a Região Metropolitana do Vale do Aço (RMVA), popularmente conhecida como Vale do Aço. O nome da região advém dos complexos de indústrias siderúrgicas, que precisam da BR-381 para fazer o escoamento da produção.

O trecho da BR-381 ao qual se refere a descrição do vídeo, entre Belo Horizonte e João Monlevade, está previsto para ser duplicado pela iniciativa privada em processo de concessão que será realizado em 2020 pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e que está em fase de audiências públicas. A rodovia será concedida em um pacote com a BR-262, no trecho entre Vitória (ES) e João Monlevade.


Participaram da apuração deste texto AFP e piauí.

Projeto Comprova

O Comprova é uma coalizão de veículos jornalísticos que visa identificar, checar e combater rumores, manipulações e notícias falsas sobre políticas públicas. É possível sugerir checagens pelo WhatsApp da iniciativa, no número (11) 97795-0022.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.