Volkswagen confirma 'mini-SUV' com lançamento em maio de 2020 no Brasil

Apelidado de "New Urban Coupé", veículo compacto será fabricado em Pamplona, na Espanha

Wolfsburg (Alemanha)

Pela primeira vez em seus 60 anos de história no Brasil, a Volkswagen vai fabricar também na Europa um modelo desenvolvido no Brasil.

O modelo, um compacto que recebeu o apelido de "New Urban Coupé", entra no mercado numa faixa intermediária entre o Polo, carro do qual usa a base, e o T-Cross, cujos preços partem de R$ 80 mil.

O anúncio foi feito nesta quinta (29) pelo chefe de produção global da Volkswagen, Ralf Brandstatter, e pelo CEO da Volkswagen na América Latina, Pablo di Si, na sede internacional do grupo, em Wolfsburg (Alemanha).

Esboço do novo carro da Volkswagen
Esboço do novo carro da Volkswagen - Divulgação

O novo modelo será fabricado na unidade de São Bernardo do Campo (SP) a partir do próximo ano. Segundo a montadora, a central multimídia (navegação, comunicação e entretenimento) desenvolvido por engenheiros brasileiros

Para reduzir custos e garantir a previsibilidade do investimento, a montadora negociou previamente um acordo coletivo com o sindicato dos metalúrgicos do ABC.

O governador de São Paulo, João Doria, viajou à Alemanha para participar do anúncio. No evento, a empresa prometeu "aceleração de investimentos" em São Paulo.

Até o final de 2020, segundo a Volks, serão destinados mais R$ 2,4 bilhões nas fábricas paulistas, parte de um total de R$ 7 bilhões já prometidos em 2016 para o quinquênio.

A maior parte irá para a unidade de São Bernardo, que vai receber mais prensas para produzir quatro vezes mais peças, segundo a empresa.

Não foram anunciadas novas vagas de emprego. Segundo a montadora, para reforçar o desenvolvimento de novos produtos foram contratados 100 pessoas. No total, incluindo as linhas de montagem, houve 500 novas vagas a partir de 2018.

Brandstatter disse que a Volks está se reestruturando para o futuro, que vai requerer automatização e eletrificação, com investimentos pesados.A estratégia deve focar em SUVs (utilitários compactos).

Segundo o chefe de operações da Volks, o grupo também deu mais autonomia à seção latino-americana.

"Apesar da recessão brasileira, a Volks  decidiu investir numa nova plataforma tecnológica na região, com o Polo e o T-Cross."

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.