Milhões de telefones de usuários do Facebook ficaram expostos

Servidor vulnerável armazenou 419 milhões de registros de usuários da maior rede social do mundo

Washington | AFP

Os números de telefone vinculados a mais de 400 milhões de contas do Facebook foram armazenados online, um novo problema do grupo americano em termos de proteção de dados, informou o site especializado TechCrunch.

Um servidor vulnerável armazenou 419 milhões de registros de usuários da maior rede social do mundo em vários bancos de dados, dos quais 133 milhões pertencem a contas nos Estados Unidos, mais de 50 milhões no Vietnã e 18 milhões na Grã-Bretanha, segundo o portal americano

Os bancos de dados mantinham as identidades dos usuários do Facebook —uma combinação única de números para cada conta—, bem como os números de telefone associados aos perfis, o sexo dos usuários de algumas contas e a localização geográfica.

O servidor em questão não era protegido por senha, o que significava que qualquer pessoa poderia acessar os bancos de dados.

E ainda estava online na quarta-feira (4) à noite, quando o TechCrunch entrou em contato com o host.

O Facebook admitiu parcialmente as informações do TechCrunch, mas minimizou o incidente, garantindo que o número de contas confirmadas até agora é de cerca da metade dos 419 milhões mencionados.

O grupo acrescentou que muitos desses registros eram cópias e que os dados eram antigos. 

"Este conjunto de dados foi excluído e não vimos nenhum sinal de que as contas do Facebook foram comprometidas", disse um porta-voz da rede social à AFP. 

Após o escândalo da Cambridge Analytica em março de 2018, que revelou o uso de milhões de usuários do Facebook para fins políticos sem seu conhecimento, o grupo eliminou um recurso que permitia pesquisar na plataforma com números de telefone. 

A colocação online dos números de telefone expõe os usuários a receber chamadas não solicitadas ou a serem vítimas de hackers que "sequestram" o cartão SIM, como aconteceu recentemente com o chefe do Twitter, Jack Dorsey. 

Números de telefone vinculados a mais de 400 milhões de contas do Facebook foram armazenados online - Dado Ruvic-27.ago.2019/Reuters

No final de agosto, o Facebook anunciou que está testando um novo recurso que permite aos usuários controlar seus dados coletados pela empresa americana fora da rede social.

Este anúncio ocorreu menos de uma semana após novas revelações sobre as práticas do Facebook, que reconheceu ter transcrito áudios das conversas de alguns usuários depois de negar isso por um longo tempo. 

No final de julho, a Federal Trade Commission (FTC), agência dos Estados Unidos que cuida dos consumidores, impôs uma multa de US$ 5 bilhões ao Facebook por não proteger efetivamente os dados pessoais de seus usuários.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.