Alberto Corsetti é o novo presidente do Banco Safra

Diretor-executivo do banco assume cargo deixado por Rossano Maranhão

São Paulo

Alberto Corsetti foi nomeado nesta segunda-feira (28) o novo presidente do Banco Safra. Ele assume o cargo deixado por Rossano Maranhão, que estava à frente do banco havia 12 anos. Ele deixou a instituição na sexta-feira (25).

Corsetti, que era diretor-executivo, está no grupo há 51 anos. 

Maranhão deixou o cargo com  vice-presidente Eduardo Sosa. A instituição não informou quem ficará na vice-presidência.

Frente do Banco Safra na avenida Paulista; quarto maior banco do país tem novo presidente
Frente do Banco Safra na avenida Paulista; quarto maior banco do país tem novo presidente - Reuters

A saída dos executivos do grupo acompanhou o movimento do herdeiro Alberto Safra, que saiu do conselho do banco para se dedicar a outro projeto. Segundo a instituição, a escolha foi feita em comum acordo e "se deve exclusivamente à sua intenção pessoal de dedicar-se a outro projeto com a família".

Alberto e os irmãos David e Jacob assumiram a gestão do Safra no lugar do pai, Joseph Safra, em 2012.​ David permanece no conselho e passa a ser o representante da família Safra.

A estrutura societária do banco segue inalterada, sob o controle de Joseph.

O Safra é o quarto maior banco privado do país em ativos totais, parte do Grupo J. Safra, criado há mais de 170 anos e com atuação internacional. O banco tem mais de 8.000 colaboradores.

Erramos: o texto foi alterado

Diferentemente do afirmado em versão anterior deste texto, o Safra é o quarto banco privado do Brasil em ativos totais, e não o quarto maior banco brasileiro. O texto já foi corrigido. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.