Três em cada cinco brasileiros pagam conta em agência, diz pesquisa

Segundo Ipsos, 50% dos clientes de 18 a 34 anos frequentaram um banco nos últimos 30 dias

Paula Soprana
São Paulo

Três em cada cinco brasileiros pagam contas em agências bancárias físicas e não pela internet, diz pesquisa da Ipsos feita a pedido do Nubank e divulgada nesta segunda-feira (28).

O levantamento diz que 50% dos clientes de 18 a 34 anos frequentaram um banco para resolver algum problema financeiro, que não a quitação de dívida, nos últimos 30 dias. Entre cidadãos de 45 a 50 anos, a proporção sobe para 65%.

Já 27% dos clientes vão a agências para solicitar novos serviços e 23% para tirar dúvidas. A maioria (62%) afirma que usa agência bancária para sacar dinheiro.

shutterstock cartoes cartao de credito
Cartões de crédito; 50% das pessoas até 34 anos frequentam bancos - Shutterstock

A pesquisa também questionou as motivações para a abertura de contas digitais: 44% responderam que é para evitar agências bancárias. No Norte, onde 42% das cidades não têm agências, o número chega a 85%.
Para 54%, o motivo é a possibilidade de resolver tudo pelo aplicativo.

A dispensa de taxa de manutenção, as TEDs mais baratas e a maior rentabilidade respondem por 49%, 44% e 30%, respectivamente. Para 28%, a abertura de uma conta digital se justifica pela curiosidade de um novo tipo serviço

A pesquisa da Ipsos foi realizada em agosto e ouviu mil pessoas de todas as regiões. A população sondada tem de 18 a 50 anos, com renda de até R$ 30 mil, acesso à internet pelo celular e é cliente de diferentes bancos. A margem de erro é de três pontos percentuais.

Dados do Banco Central mostram que, desde 2015, as transações feitas por smartphones ultrapassam as realizadas em agências bancárias. Segundo o banco, a modalidade é a preferida entre os clientes brasileiros, o que aponta para a direção da modernização do serviços.

No ano passado, foram 29 bilhões de transferências por celular contra 8,2 bilhões em agências. Em segundo lugar, apareceu o uso de internet banking, com 21,9 bilhões de transações e crescimento de 6,3% em relação a 2017. 

Somadas, as transações por smartphones e internet banking representam quase 70% do total.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.