Petrobras conclui deslistagem de ações na Argentina

Estatal havia anunciado a decisão de sair do regime de oferta pública em outubro

São Paulo | Reuters

 A Petrobras efetivou nesta segunda-feira (11) a retirada do regime de oferta pública na Argentina, o que significa que a partir de agora as ações da petroleira não são mais negociadas no mercado do país vizinho, informou a empresa em comunicado.

Pessoas em frente ao prédio da Petrobras no Rio
Pessoas em frente ao prédio da Petrobras no Rio - Sergio Moraes/Reuters

A estatal havia anunciado a decisão da deslistagem na Argentina em outubro, com previsão de retirada de suas ações de circulação em 4 de novembro —no início deste mês, porém, a empresa prorrogou em uma semana o período de negociações.

Segundo a Petrobras, os acionistas da companhia na Argentina podem manter suas ações depositadas junto ao agente de custódia do mercado argentino (Caja de Valores), vendê-las nos mercados em que as ações da companhia continuam negociadas ou vendê-las no mercado brasileiro com assessoria do banco BBVA.

 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.