Descrição de chapéu The Wall Street Journal

Chefe da divisão de parques temáticos é novo presidente da Disney

Empresa troca comando depois de 15 anos em que avançou como maior grupo de mídia do mundo

Nova York | Financial Times e The Wall Street Journal

Bob Iger renunciou ao cargo de presidente de Walt Disney, iniciando o processo de transição no comando do maior grupo de mídia do mundo.

Iger, que estava no cargo desde 2005, deve ser substituído por Bob Chapek, veterano na Disney que recentemente era presidente do conselho da divisão de parques temáticos.

A sucessão no comando da companhia havia sido adiada por Iger, 69. Ele pretendia acompanhar a arriscada entrada da Disney no segmento de streaming. 

O presidente da Walt Disney, Bob Iger, em frente ao modelo do parque de Xangai; ele renunciou ao cargo na terça (25) - Reuters

Nesta terça (25), o executivo afirmou que, após o exitoso lançamento do serviço de streaming da Disney e a incorporação da 21st Century Fox, este era o “momento perfeito para a transição para um novo presidente”.

Ele vai continuar até o fim do próximo ano como presidente do conselho de administração da companhia.

Iger é tido como o responsável pelo sucesso da Disney na última década, transformando a companhia em uma potência de franquias com as aquisições de Pixar, Marvel, Lucasfilm and 21st Century Fox.

A empresa também vem de um dos melhores anos de bilheteria no cinema.

O serviço de streaming Disney+, que Iger considerou a “prioridade número um” para a companhia, anunciou ter alcançado 28 milhões de assinantes entre o lançamento, em novembro, e este mês.

As ações da empresa vinham sendo negociadas em patamares recordes até a chegada do coronavírus, doença que deve ser um dos principais desafios de Chapek no comando da Disney —o parque de Xangai chegou a ser fechado por alguns dias.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.