Petrobras desiste de vender Gaspetro em Bolsa

Empresa será negociada diretamente com investidores

Rio de Janeiro

A Petrobras desistiu da proposta de abrir capital de sua subsidiária de distribuição de gás natural, a Gaspetro, e divulgou nesta quinta (27) prospecto para buscar investidores estratégicos ou financeiros para sua fatia de 51% na empresa.

O negócio faz parte do plano de venda de ativos da estatal e responde a determinação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), em acordo para reduzir a participação da empresa no mercado brasileiro de gás natural.

A opção pela venda direta da Gaspetro, ao invés da oferta de ações, reduz incertezas em relação ao acordo de acionistas da subsidiária, que prevê direito de preferência à japonesa Mitsui, que tem as ações restantes.

Pessoas em frente à sede da Petrobras no Rio; opção pela venda direta da Gaspetro, ao invés da oferta de ações, reduz incertezas em relação ao acordo de acionistas da subsidiária
Pessoas em frente à sede da Petrobras no Rio; opção pela venda direta da Gaspetro, ao invés da oferta de ações, reduz incertezas em relação ao acordo de acionistas da subsidiária - Sergio Moraes/Reuters

Numa oferta na Bolsa, ela não poderia exercer o direito. Segundo o prospecto, investidores estratégicos interessados na operação devem ter valor contábil mínimo de US$ 500 milhões (cerca de R$ 2,2 bilhões).

Em caso de investidores financeiros, a estatal exige ao menos US$ 1 bilhão (R$ 4,4 bilhões) em ativos sob gestão. O comprador não poderá também ter operações em outros elos da cadeia de gás natural no país, para evitar questionamentos dos órgão de defesa da concorrência.

A Gaspetro tem participação em 19 distribuidoras de gás canalizado pelo país, sendo que cinco delas ainda estão em fase pré-operacional, com uma rede somada de dez mil quilômetros de gasodutos.

Em 2019, as empresas movimentaram 30 milhões de metros cúbicos de gás por dia. Segundo a estatal, trata-se da "maior plataforma de distribuição de gás do Brasil, posicionada de forma exclusiva para se beneficiar da expansão econômica e industrial".

Em 2018, a empresa teve receita de R$ 3,9 bilhões. Para 2019, a estimativa era chegar a R$ 4,8 bilhões. Também nesta quinta, a Petrobras divulgou prospectos para a venda de dois campos de petróleo na Bacia de Santos, Merluza e Lagosta.

Os campos estão localizados em águas rasas, longe das maiores descobertas do pré-sal. A plataforma de Merluza opera desde 1993 e desde 2009 também recebe a produção de Lagosta. Em 2018, a produção média do complexo foi de 3,6 mil barris por dia.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.