Uber pode suspender contas de contaminados por coronavírus

Medida tem caráter temporário; no mês passado, empresa suspendeu contas de 240 usuários no México

Bangalore | Reuters

 A Uber notificou usuários e motoristas que pode temporariamente suspender as contas de qualquer pessoa que tiver diagnóstico positivo ou que for exposta ao coronavírus, afirmou a companhia nesta quarta-feira (11).

A empresa, que já tomou a medida em alguns mercados, disse que sua equipe está trabalhando com autoridades de saúde na resposta à epidemia.

Logo da Uber; empresa adotou medida para conter disseminação nas corridas
Logo da Uber; empresa adotou medida para conter disseminação nas corridas - Luisa Gonzalez/Reuters

A Uber expôs detalhes da política para usuários e motoristas em seu site, ressaltando as medidas tomadas pela empresa para administrar a situação.

"Já ajudamos motoristas em algumas regiões afetadas e estamos trabalhando para rapidamente implementar isso no mundo todo", afirmou a empresa.

No mês passado, a Uber suspendeu as contas de 240 usuários no México que tiveram contato recente com alguém possivelmente infectado com o coronavírus.

A Uber afirmou no sábado que vai oferecer compensações aos motoristas e entregadores de sua plataforma que forem diagnosticados com o vírus ou forem colocados em quarentena por até 14 dias.

No Brasil, a empresa tem enviado mensagens aos motoristas sugerindo que fiquem em casa caso tenham sintomas da doenças.

Procurada, a empresa ainda não informou se a medida de suspensão de contas vale para o Brasil.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.