Descrição de chapéu Coronavírus

Itaú terá rentabilidade menor em 2020, diz Candido Bracher

Presidente do banco também espera uma maior necessidade de provisões

São Paulo

O presidente do Itaú, Candido Bracher, afirmou que o banco terá resultados piores neste ano, impactado pela recessão econômica trazida pela pandemia do coronavírus.

Segundo Bracher, é inevitável que a rentabilidade do sistema financeiro como um todo caia em 2020, assim como também é inevitável que haja uma necessidade de provisões maiores por parte das instituições financeiras na carteira de crédito.

Mulher passa em frente à agência do Itaú
Presidente do Itaú afirma que banco terá resultados piores em 2020, impactado pela crise do coronavírus - Sergio Moraes/ Reuters

“A carteira deve se deteriorar em reflexo da maior dificuldade de pagamento enfrentada pelas empresas e pessoas físicas. O sistema financeiro é parte da economia como um todo e não fica isento às adversidades enfrentadas por todos”, afirmou o presidente do Itaú em transmissão ao vivo nesta segunda-feira (6).

Mais cedo, o economista-chefe do banco havia anunciado que a projeção do Itaú era de que a queda do PIB (Produto Interno Bruto) poderia alcançar 6,4% em 2020 no pior cenário-base, a depender da duração da quarentena e da recuperação do terceiro trimestre.

Especificamente para o Itaú, Candido Bracher afirmou que o resultado do banco provavelmente serão piores do que o registrado em 2019. No ano passado, o banco registrou lucro líquido anual de R$ 28,4 bilhões, aumento de 10,2% em relação ao observado em 2018.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.