Descrição de chapéu Financial Times Cifras &

Game da Nintendo ecoa vida real, corta juro a zero e enfurece rentistas virtuais

Política monetária de banqueiro guaxinim de jogo que virou sucesso na pandemia leva a especulação com nabos e tarântulas

Leo Lewis Robin Wigglesworth
Tóquio e Oslo | Financial Times

Os poupadores do Bank of Nook passaram a especular com nabos e tarântulas depois de o game mais popular da era do coronavírus imitar os banqueiros centrais globais ao decepar as taxas de juros.

Os estimados 12 milhões de jogadores do fantasy game da Nintendo “Animal Crossing: New Horizons” foram informados na semana passada sobre a mudança, na qual o Bank of Nook reduziu os juros pagos de cerca de 0,5% para apenas 0,05%.

Os juros foram limitados a 9.999 bells —a moeda do jogo que pode ser comprada on-line a uma cotação de cerca de US$ 1 por 1,9 milhão.

A mudança brusca de política monetária, imposta por uma atualização obrigatória de software em 23 de abril, provocou fúria pelo fato de uma renda sólida ter sido reduzida a uma fração com uma canetada de um banqueiro guaxinim.

“Eu nunca vou me recuperar financeiramente disso”, escreveu um jogador em um fórum online do Reddit. “A recessão nas ilhas está chegando”, disse outro.

Ilustração baseada no Jogo Animal Crossing: New Horizons: Tom Nook, guaxinim personagem do jogo, está sentado sobre sacos de moeda, em um trono feito de moedas. Ele tem expressão maliciosa, e seus olhos são vermelhos. Abaixo, personagem foge de abelhas e de uma tarântula. Ao seu lado esquerdo, há um nabo, apodrecido.
Banco em jogo da Nintendo corta juro a zero e enfurece rentistas virtuais - Carolina Daffara

O choque de juros do Bank of Nook se espelha nos esforços das autoridades monetárias de todo o mundo para mitigar os impactos econômicos do coronavírus, via redução de taxas e diminuição de custos de empréstimos por meio de vastos programas de compra de títulos.

O estímulo financeiro anunciado em todo o mundo nos últimos meses chega a US$ 14 trilhões, segundo o FMI (Fundo Monetário Internacional). O incentivo impulsionou os preços dos ativos, de ações a junk bonds (títulos de risco).

“Agora que [o Bank of Nook] reduziu as taxas de juros para quase zero, o próximo passo lógico é o QE [quantitative easing, ou flexibilização quantitativa, quando bancos centrais compram títulos públicos e outros ativos financeiros para injetar dinheiro na economia, recurso usado na crise de 2008]. É essencial que os jogadores tentem conectar o jogo às impressoras, pois isso pode começar a gerar dinheiro”, brincou Albert Edwards, estrategista da Société Générale.

A versão mais recente da série “Animal Crossing”, lançada pela Nintendo no fim de março para o console Switch, fez sucesso entre os jogadores que buscam diversão durante o confinamento. O ambiente alegre e sem violência do game conduz o jogador a coletas de insetos, melhoria da casa e extração de recursos, e a atividade econômica geralmente depende de empréstimos bancários.

Não demorou muito, no entanto, para os jogadores perceberem que poderiam fraudar o banco depositando grandes quantias na poupança e depois “viajar no tempo” para o futuro, ajustando o relógio interno do console. O banco, desse forma, paga décadas de juros compostos, tornando os usuários milionários rapidamente.

Pessoas familiarizadas com a situação disseram que o corte nas taxas do Bank of Nook foi uma tentativa de conter essa prática. A Nintendo se pronunciou sobre o assunto.

Com os juros extremamente baixos, a maneira mais eficaz de ganhar dinheiro passou a ser a aposta no mercado interno de “talos” —uma Bolsa na qual a única mercadoria são os nabos, vendidos a investidores durante uma sessão única aos domingos. As raízes apodrecem, e seu valor cai para zero após uma semana.

Os jogadores também podem ganhar dinheiro capturando e vendendo tarântulas, que geram 8.000 bells. No entanto, as aranhas são difíceis de encontrar, aparecem apenas após as 19h e são perigosas, pois uma mordida faz com que os jogadores desmaiem.

Para usuários do site de discussão Nintendo Life, o comportamento da Nintendo, do Bank of Nook e de seus clientes ecoou, em vários aspectos, as experiências do setor financeiro do Japão e de seus 20 anos de taxas de juros próximas de zero.

Os poupadores foram informados sobre o corte em uma breve mensagem do gerente guaxinim do banco, Tom Nook, que pediu desculpas por “qualquer inconveniente” e ofereceu como compensação um tapete em forma de sino.

Enquanto alguns usuários questionaram a lógica econômica por trás do corte nas taxas, outros criticaram os “instintos capitalistas brutais” do financista e sua posição monopolista na ilha imaginária.

Um usuário sugeriu um protesto contra o banco no qual todos sacariam suas economias e as esconderiam debaixo dos colchões de suas casas virtuais.

Outros disseram que a ação do banco era lógica. “É uma mudança para manter o jogo realista”, disse um usuário no Reddit.

“Com as taxas de juros dos empréstimos a habitação a zero, faz sentido que as taxas de juros da poupança sejam mínimas. O Bank of Nook não é uma instituição de caridade e tem vários investimentos para manter.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.