Receita libera o maior lote de restituição de Imposto de Renda da história

Segundo lote, de R$ 5,7 bi, vai beneficiarf 3, 3 milhões de contribuintes, e será pago 30 de junho

São Paulo

A Receita Federal liberou a consulta para o segundo lote de restituições do Imposto de Renda 2020 nesta terça-feira (23). O valor será depositado em 30 de junho, na conta bancária indicada pelo contribuinte ao fazer a declaração. Veja abaixo o passo a passo.

Este será o maior lote de restituições da história, com R$ 5,7 bilhões pagos a cerca de 3,3 milhões contribuintes. Deste total, cerca de R$ 3,9 bilhões serão pagos aos contribuintes com prioridade legal (idosos acima de 60 anos, contribuintes com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave e aqueles que têm o professorado como principal fonte de renda).

Leão Imposto de Renda 2020
Receita libera consulta ao segundo lote de restituições, a ser pago em 30 de junho; o primeiro lote foi pago em 29 de maio - Catarina Pignato/Folhapress

Como a Receita estendeu o prazo para a declaração do Imposto de Renda devido à pandemia de coronavírus, os lotes de restituição estão sendo entregues antes mesmo do final da entrega, em 30 de junho. Neste ano os lotes foram reduzidos de sete para cinco. O primeiro lote foi pago em 29 de maio.

A restituição ficará disponível no banco indicado na declaração durante um ano. Caso o contribuinte não faça o resgate nesse prazo, precisará solicitá-la no site, por meio do preenchimento do "Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição", ou diretamente no e-CAC, no serviço "Extrato do Processamento da DIRPF".

Até esta terça-feira (23) a Receita havia recebido mais de 21,6 milhões de declarações —são esperados 32 milhões de documentos para este ano.

Os contribuintes que perderem o prazo de entrega estarão sujeitos ao pagamento de uma multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do total de imposto devido.


Como checar se a declaração foi liberada?

  1. Acesse a página da Receita Federal na internet e clique no link para consulta de restituições

  2. Preencha os campos respectivos com o CPF, a data de nascimento e o código de verificação fornecido no site

  3. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados

  4. Caso existam inconsistências, o contribuinte poderá avaliá-las e fazer a autorregularização pela entrega de declaração retificadora

  5. A Receita também disponibiliza aplicativo para tablets e smartphones para consulta às declarações

O que fazer se o valor não foi creditado?

  • O contribuinte poderá comparecer a qualquer agência do Banco do Brasil

  • Ou ligar na central de atendimento para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco

    Pelos telefones: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos)

Qual o calendário de pagamento das restituições deste ano?

  • 2º lote

    30 de junho

  • 3º lote

    31 de julho

  • 4º lote

    31 de agosto

  • 5º lote

    30 de setembro

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.