Descrição de chapéu Coronavírus

Veja como checar e denunciar fraudes no auxílio emergencial de R$ 600

Fraudadores já usaram o CPF de Luciano Hang, das lojas Havan, e do filho de William Bonner

Brasília

A CGU (Controladoria-Geral da União) identificou mais de 160 mil possíveis irregularidades no pagamento do auxílio emergencial de R$ 600. Em alguns casos, fraudadores estão usando o CPF de terceiros para fazer o cadastramento no programa e obter recursos indevidamente.

Entre as vítimas estão Vinicius Bonemer, filho dos apresentadores da TV Globo William Bonner e Fátima Bernardes, e o empresário bolsonarista Luciano Hang. Eles tiveram os dados pessoais capturados por estelionatários para acessar irregularmente o benefício.

Fraudadores estão usando o CPF de terceiros para fazer o cadastramento no programa e receber o auxílio - Gabriel Cabral/Folhapress

Por uma rede social, Bonner afirmou que o caso se trata de uma fraude e que, há três anos, o nome e o CPF do filho têm sido alvo de diversas ações de estelionatários.

Na terça-feira (2), Hang reportou o crime de fraude à Polícia Federal e pediu a condenação dos envolvidos no golpe. "Os autores devem ser exemplarmente condenados e punidos", disse Hang.

​Na sexta-feira (5), o governo federal liberou a lista de pessoas que tiveram os benefícios pagos em maio e junho. Além do documento, disponível do Portal da Transparência, é possível saber, pelo site do programa, se o seu CPF foi usado indevidamente.


Veja como checar e denunciar fraudes:

1) Acesse o site do Dataprev – https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta/#/

2) Insira os dados solicitados; é preciso informar o CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento

3) Resposta

3.1) Se aparecer "Requerimento não encontrado", significa que não há pedidos feitos no CPF consultado

3.2) Se aparecer "Em processamento, foi aprovado, não aprovado, requerimento retido ou dados inconclusivos", significa que houve pedido feito com os dados

a) Se aparecer "Benefício em processamento", significa que foi feito um pedido que está em análise pelo governo

b) Se aparecer "Aprovado", o benefício já está liberado e deve ser pago na data correspondente ao mês do nascimento do beneficiário

c) Se aparecer "Não aprovado", "Requerimento retido" ou "Dados inconclusivos", significa que foi encontrado algum tipo de inconsistência ou irregularidade no pedido

4) Denuncia de irregularidades: caso o site informe o registro do pedido e não tenha sido o titular do CPF o autor do requerimento, a orientação é denunciar a fraude através dos telefones 121 ou 0800-707-2003


A denúncia também pode ser feita diretamente em qualquer agência da Caixa Econômica Federal. Se você não fez o cadastro e recebeu mensagens de SMS ou emails tratando do benefício, pode ser um indicador de fraude. A Caixa orienta a não clicar em links enviados

No total, 106,3 milhões de cadastros foram feitos, dos quais 59 milhões eram elegíveis ao pagamento e 11 milhões ainda aguardavam a análise do pedido.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.