Embraer diz que vai dobrar benefícios em terceiro plano de demissão voluntária

Período de adesão ao PDV vai até o dia 1º de setembro

São Paulo

A Embraer anunciou nesta terça-feira (18) que apresentou aos sindicatos da categoria a proposta de dobrar os benefícios para a abertura de um terceiro PDV (Programa de Demissão Voluntária), ampliando para funcionários com 50 anos ou mais. O período de adesão vai até o dia 1º de setembro.

Além disso, a empresa diz que o pacote de benefício aumenta a indenização para 20% do salário-base nominal por ano de empresa, e o plano de saúde para funcionários e dependentes passa ter vigência até junho de 2021. O auxílio-alimentação também foi ampliado para o mesmo período.

Logo da Embraer - Paulo Whitaker/Reuters

A Embraer ainda diz que vai conceder apoio aos funcionários que aderirem ao programa para recolocação no mercado de trabalho, além das verbas rescisórias comuns a desligamentos sem justa causa.

No fim de julho, a empresa propôs um segundo PDV onde trabalhadores que estavam em licença, os aposentados e aqueles com mais de 55 anos poderiam aderiar ao programa.

No início de julho, a empresa anunciou uma proposta voltada a funcionários que estavam em férias coletivas e que iniciariam um período de licença remunerada.

Aa propostas ocorrem após a derrocada do acordo para a venda da área de aviação comercial da Embraer para a Boeing.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.