Sobra muito pouco e a briga é grande, diz Bolsonaro sobre dinheiro do Orçamento

Presidente esteve no Nordeste para inauguração de usina termoelétrica, na quarta visita à região desde julho

Barra dos Coqueiros (SE)

Em visita nesta segunda-feira (17) a Sergipe, a quarta visita ao Nordeste desde julho, o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre o limite que enfrenta com o orçamento federal, de que a maior parte dele é comprometido com gastos obrigatórios, o que lhe dá pouca margem para realizar novos gastos.

“Sobra muito pouco e a briga [por recursos] é grande. Temos feito o possível para, com menos fazer muito mais”, afirmou Bolsonaro.

O presidente esteve em Sergipe para a inauguração da Usina Termoelétrica Porto Sergipe I, um empreendimento da Celse (Centrais Elétricas de Sergipe) em Barra dos Coqueiros (14 km de Aracaju).

O empreendimento é 100% privado e não teve financiamento de bancos públicos. A usina já está em pleno funcionamento desde março de 2020. Considerada uma das maiores da América Latina, a usina tem capacidade para atender 15% da demanda de energia do Nordeste.

O ato também marcou o arrendamento por dez anos das fábricas de fertilizantes nitrogenados da Petrobras na Bahia e Sergipe para a Proquigel, subsidiária do grupo Unigel.

A visita acontece no momento o governo federal trava uma disputa interna em torno da ampliação dos gastos públicos. Enquanto o ministro Paulo Guedes (Economia) tenta travar novos gastos, ministros como Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) defendem mais investimentos.
A pressão é para que o presidente invista recursos sobretudo na região Nordeste, região que é o principal bastião da oposição e onde o presidente teve menos votos em todos os nove estados em 2018.

Na visita ao Sergipe, Bolsonaro evitou assunto eleitoral. Disse que não está em agenda de campanha e que a eleição de 2022 não o preocupa.

“Não estou preocupado com 2022, 2022 é outra história. Quero fazer um governo bom nesses quatro anos”, disse o presidente que ainda deu mostras de que pode ter uma participação mais ativa na eleição municipal de 2020. “Não pretendo [participar], o que não quer dizer que eu não vá”.

Desde julho, o presidente visitou o Ceará, Piauí, Bahia e Sergipe e inaugurou trechos de obras iniciados em gestões anteriores. No mês passado, ele esteve na cidade de São Raimundo Nonato (PI) e inaugurou uma adutora em Campo Alegre de Lourdes (BA).

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.