Descrição de chapéu Financial Times

Trump dá prazo de 90 dias para ByteDance vender TikTok nos EUA

Presidente americano também aumentou a pressão sobre o setor de tecnologia chinês

Washington e San Francisco | Financial Times

Donald Trump ordenou que a ByteDance se desfaça das operações da TikTok nos Estados Unidos em 90 dias, em uma medida destinada a proteger a segurança, pressionando ainda mais o grupo de tecnologia chinês para que venda o aplicativo de vídeos curtos para uma empresa americana.

Trump também aumentou a pressão sobre o setor de tecnologia chinês ao encerrar uma isenção que permitia que algumas empresas americanas continuassem vendendo produtos para a Huawei, fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicações, sem licença.

As duas medidas marcaram os últimos passos do governo Trump para adotar uma postura muito mais dura em relação ao que a Casa Branca diz serem ameaças crescentes à segurança econômica e nacional pelo Partido Comunista Chinês.

Em sua ordem sobre o TikTok, emitida na noite de sexta-feira (14), Trump disse que há "evidências verossímeis" de que atos da ByteDance poderiam prejudicar a segurança dos EUA.

A decisão do presidente de ordenar que a ByteDance aliene a TikTok em 90 dias se seguiu a uma recomendação da Comissão de Investimento Estrangeiro nos Estados Unidos (CFIUS na sigla em inglês), painel do governo que analisa as aquisições estrangeiras de empresas americanas.

A ordem veio uma semana depois que ele emitiu outra diretriz proibindo as empresas americanas de negociar com a TikTok, a menos que a ByteDance vendesse o aplicativo para um grupo americano em 45 dias. A medida mais recente vai além, fornecendo um prazo firme para a ByteDance vender suas operações da TikTok nos Estados Unidos.

A Microsoft está em negociações para comprar o aplicativo. Uma autoridade graduada dos EUA disse que o novo pedido aumentaria a pressão sobre a ByteDance para vender a TikTok, porque o valor do ativo cairia com a aproximação do prazo de 90 dias.

"Se nenhum acordo [com a Microsoft] for alcançado, isso pode encerrar a TikTok nos EUA em 90 dias", disse Kevin Wolf, sócio da Akin Gump, que supervisionou a lista de sanções do Departamento de Comércio até 2017.

Separadamente, o Departamento de Comércio mirou na Huawei ao encerrar uma isenção que havia dado um alívio temporário às empresas dos EUA, permitindo que continuassem atendendo aos contratos com a Huawei sem licença.

Washington acusa a Huawei de ajudar a China a realizar espionagem cibernética, o que a empresa sediada em Shenzhen negou repetidamente.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.