Descrição de chapéu jornalismo mídia

Folha não impede endosso a candidato em colunas

Na nova edição do Manual de Redação muda orientação sobre apoio a candidaturas

São Paulo

A mais recente edição do Manual da Redação da Folha, publicada em 2018, não impede o endosso de candidaturas partidárias em colunas ou blogs de opinião.

Em sua coluna em Mercado nesta quarta-feira (30), Hélio Beltrão declara apoio a Arthur do Val (Patriota), candidato à Prefeitura de São Paulo.

A versão anterior, de 2001, orientava aqueles que quisessem manifestar seu voto a declará-lo na seção Tendências/Debates, e não no espaço de coluna ou blog. Na nova edição, a orientação foi retirada.

Folha não impede colunistas de endossar candidato
Folha não impede colunistas de endossar candidato - Mateus Bonomi/Folhapress

A mudança visa alargar ainda mais o escopo de expressão em colunas e blogs, ainda que mantendo o desincentivo ao uso desses espaços para endosso a candidaturas.

O Manual vigente é claro ao desestimular essa iniciativa: “Colunas e blogs não são espaço apropriado para veicular interesses pessoais, informes comerciais, propaganda partidária ou campanha eleitoral”.

O Manual ainda determina que o colunista deixe de escrever “quando sua candidatura for oficializada, caso concorra a cargo eletivo”.

É o caso de Nabil Bonduki (PT), que vai concorrer a vereador em São Paulo como parte do Coletivo + Direito a Cidade. A coluna dele foi interrompida em 28 de setembro.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.