Descrição de chapéu Cifras &

Saiba como manter o foco no trabalho depois de 6 meses em home office

Desligar a internet quando necessário, definir seu espaço de trabalho e fazer pausas periódicas ajudam na concentração, dizem especialistas

Ray A. Smith
Nova York | The Wall Street Journal

Agora que muitos estão trabalhando em casa já há algum tempo e podem ter de continuar a fazê-lo por prazo indefinido, há quem encontre dificuldade para manter a intensa concentração que surgiu nos dias iniciais do trabalho remoto compulsório.

Houve certo entusiasmo no início do home office, e muitos mostraram ser produtivos tanto por espírito de equipe quanto para demonstrar que eram indispensáveis, em um momento no qual empregos pareciam correr risco.

Apenas 22% dos entrevistados tinham dificuldade para se concentrar em abril, de acordo com pesquisa da Sociedade de Gestão de Recursos Humanos dos EUA, que consultou 1.099 trabalhadores.

Menina usa computador, sentada em uma cadeira, usando fones de ouvido. Ao seu redor, diversos objetos (xícaras de café, cachorro latindo, celular tocando)
Empolgação inicial com home office se desgastou, e as distrações continuam a crescer - Carolina Daffara

Mas a empolgação inicial se desgastou, e as distrações continuam a crescer, entre elas a disparada no número de casos de coronavírus, problemas políticos, preocupações relacionadas à volta às aulas e outras perturbações que tornaram mais difícil continuar focado.

“Nosso nível de perda de concentração é resultado de uma combinação de estresse e do ambiente e das distrações que encontramos agora”, diz Caroline Vaile Wright, diretora sênior de inovação na saúde da Associação Americana de Psicologia. “Não faltam causas de distração, para a maioria das pessoas, hoje.”
Se você tem percebido que está perdendo a concentração, os especialistas recomendam maneiras de reforçá-la.

*

Formas de evitar distrações
Mantenha os alertas de notícias e outras notificações silenciados, em seu celular e computador, ou minimize as notificações de notícias e recorra a apenas a fontes confiáveis, recomenda a psicóloga organizacional Cathleen Swody.

“Algumas pessoas que conheço chegam a desligar o wi-fi de seus laptops e não voltam a ligá-la até concluir um determinado relatório ou análise, para não se perderem no labirinto da internet e começarem a procurar coisas, ou a responder a emails”, ela disse.

Estabeleça limites
Deixe claro para as demais pessoas de sua casa que você não pode ser incomodado. “Comunique-se com sua família. Diga que, quando estiver sentado à mesa de trabalho, ou seja qual for seu espaço de trabalho, você não deve ser incomodado. Diga a elas que não podem se aproximar para fazer perguntas”, disse Wright. Mantenha a porta de seu escritório caseiro ou do quarto onde trabalha fechada, se possível, para tornar ainda mais claro que você não quer ser incomodado.

Mantenha-se abastecido
Recursos que você pode utilizar incluem máquinas que geram ruído branco, fones de ouvido que cancelam ruídos, blocos de anotações, blocos de post-its e café.

“Se houver um barulho que causa distração, o ruído branco pode ajudar a reduzi-la”, disse Kenneth Heilman, professor emérito no departamento de neurologia da Escola de Medicina da Universidade da Flórida.

“Nossos cérebros têm a capacidade de abrir e fechar canais sensoriais. Com a presença de ruído branco constante, podemos dedicar menos atenção aos outros sons que chegam às nossas mentes, ou seja, o ruído branco pode ajudar a mascarar outros sons.”

Os fones que reduzem ruído, enquanto isso, bloquearão os sons gerados pelos outros moradores de sua casa, pelos vizinhos ou pelo movimento da rua.

Blocos de anotação e post-its podem ajudar quanto a lembretes ou marcar o ponto em que algo deve ser retomado caso você se distraia, diz a médica Orly Avitzur, presidente eleita da Academia Americana de Neurologia.

Eles também servem para anotar ideias aleatórias que lhe ocorram. “Sempre que algum pensamento surgir em sua cabeça, anote e decida que lidará com isso mais tarde, e manterá seu foco no trabalho que está fazendo pelos próximos 45 minutos”, disse Swody.

Documente as coisas
Estabeleça as metas de trabalho do dia no papel ou anote-as digitalmente. Reserve horários em uma agenda física ou digital, ou em um caderno, para dedicar à conclusão de uma tarefa. “Um bloco de tempo popular a que as pessoas costumam usar é de 25 minutos, mas poderia ser 45”, diz Swody. “Reservar um período curto de tempo para concluir uma determinada tarefa é excelente para o cérebro, porque ele se sente menos torturado.”

Programe pausas

“Fazer pausas é na verdade uma maneira de melhorar sua concentração”, disse Wright. “Se tentamos nos forçar a manter o foco e a atenção por um período longo demais, isso não funciona.” Reserve tempo para verificar emails, ler notícias ou ver as redes sociais e para pausas com as crianças, familiares ou até com os animais de estimação.

Conheça a si mesmo
Estar ciente de quem você é ajuda. “Pense em coisas como o horário do dia em que você é mais capaz de evitar distrações, ou as horas em que é crítico manter o foco”, disse Wright. “Assim, se você sabe que consegue se concentrar mais em tarefas difíceis no período da manhã, reserve esse período para o trabalho que requer pensar mais, ou que requer escrever mais. Você pode marcar as tarefas que requerem menos concentração ou atenção para a tarde, quando está mais cansado.”

Avitzur afirma que algumas pessoas podem se distrair caso haja uma TV ligada ao fundo, e outras não. Da mesma forma, alguns consideram que ouvir música ajuda na concentração, e outras, que isso as distrai.

A pesquisadora menciona estudo de 2012 que indica que música instrumental é preferível a música cantada, porque, se você começa a pensar no que a letra diz, isso resulta em outra forma de distração. “Todo o mundo precisa conhecer seus pontos fortes e o que o torna mais produtivo, no que tange a interferências externas como a música.”

O ambiente importa
Tente criar um ambiente o mais semelhante possível ao do trabalho, o que inclui dedicar atenção à ergonomia. Tente trabalhar em uma mesa adequada e em uma cadeira com apoio suficiente para as costas. Trabalhar sentado no sofá pode causar desgaste nas costas e nos ombros.

“Qualquer forma de dor, incômodos musculares ou outros sintomas pode ser uma distração que impede a pessoa de trabalhar”, disse Avitzur. Considere usar uma mesa à qual você trabalhe em pé.

Cuidados pessoais
Certifique-se de comer, e bem, mas não a ponto de ter sono. Garanta que esteja dormindo o suficiente à noite e reserve tempo para se exercitar. “Tudo isso ajudará a administrar o estresse, o que, por sua vez, ajudará na concentração”, disse Wright.

Tradução de Paulo Migliacci

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.