Descrição de chapéu The Wall Street Journal

Ant Group pode levantar até US$ 34,4 bi em maior IPO do mundo

Empresa pode superar petrolífera saudita Saudi Aramco, que captou US$ 29,4 bilhões em dezembro

Hong Kong | The Wall Street Journal

A gigante da tecnologia chinesa Ant Group projeta levantar pelo menos US$ 34,4 bilhões (R$ 193 bilhões) em capital na maior oferta pública inicial de ações já realizada no planeta, de acordo com documentos que a companhia encaminhou às autoridades financeiras nesta segunda-feira (26), em uma transação imensa que não envolverá os mercados de ações dos Estados Unidos.

A imensa oferta pública inicial, que acontecerá nas bolsas de valores de Xangai e Hong Kong, vem movimentar ainda mais um ano já frenético para os mercados de capitais chineses, que estão desfrutando de um boom nas vendas de ações apesar das tensões cada vez mais fortes entre a China e os Estados Unidos.

O Ant Group pretende levantar cerca de US$ 17,2 bilhões (R$ 96,5 bilhões) em cada cidade, com base em preços de 68,80 iunes (R$ 58) e 80 dólares de Hong Kong (R$ 58) por ação, respectivamente, de acordo com a documentação encaminhada às autoridades. A companhia pode levantar até US$ 5,2 bilhões (R$ 29,1 bilhões) adicionais em capital, se os subscritores exercerem sua opção de adquirir até 15% mais de ações, em um arranjo conhecido como “greenshoe”.

Ant Group, controlado pelo fundador do Alibaba, Jack Ma, planeja vender cerca de 3,34 bilhões de ações - Hector Retamal/AFP

Esses montantes eclipsariam os US$ 25 bilhões (R$ 140 bilhões) arrecadados em 2014 pelo Alibaba Grou Holding, antigo controlador do Ant Group, e os US$ 29,4 bilhões (R$ 165 bilhões) em ações colocados mais recentemente no mercado pela Saudi Aramco, que realizou a maior oferta pública inicial de ações de todos os tempos.

Em poucos anos, o Ant Group ajudou a mudar a maneira pela qual as pessoas da China, consomem poupam, obtêm crédito e investem. A empresa, que nasceu como um serviço de compensação de pagamentos para os sites de comércio eletrônico do Alibaba, agora processa trilhões de dólares em pagamentos a cada ano, opera um dos maiores fundos mundiais de mercado monetário e facilita pequenos empréstimos a centenas de milhões de consumidores e pequenas empresas.

O preço anunciado para as ações avalia o grupo sediado em Hangzhou em cerca de US$ 313 bilhões, incluindo o novo capital a ser gerado mas desconsiderando o “greenshoe”. Em comparação, a Mastercard tinha valor de mercado de US$ 330 bilhões no fechamento dos mercados sexta-feira. Uma rodada de capitalização privada em 2018 avaliou o valor de mercado do Ant Group em US$ 150 bilhões.

Jack Ma, que controla o Ant Group, declarou no final de semana que a oferta pública inicial “será a maior da história humana”. Falando em um fórum financeiro em Xangai, no sábado, ele disse: “Esta é a primeira vez que uma oferta pública inicial desse porte acontece fora de Nova York, algo em que não teríamos ousado pensar cinco ou mesmo três anos atrás”.

As ações de Hong Kong entrarão em operação dia 5 de novembro, de acordo com documentos encaminhados à bolsa de valores daquela cidade. Ainda que o Ant Group não tenha informado uma data específica para a entrada em operação das ações que serão lançadas em Xangai, a expectativa é de que isso aconteça no mesmo dia.

Os bancos estavam correndo para definir o preço das ações da oferta pública inicial do Ant Group antes da eleição nos Estados Unidos, antecipando potenciais instabilidades no mercado, de acordo com investidores que assistiram a apresentações sobre a oferta pública. O Departamento de Estado americano recentemente propôs a um painel formado por diversas agências do governo dos Estados Unidos que o Ant Group seja colocado na lista negra do comércio internacional.

A transação é o primeiro lançamento simultâneo de ações em Xangai e Hong Kong em uma década, e a maior oferta pública já realizada no Science and Technology Innovation Board, um mercado incipiente de Xangai semelhante à Nasdaq, e também conhecido como STAR Market.

O Ant Group já concluiu a venda de ações em Xangai, com 80% da oferta sendo dirigida aos chamados investidores estratégicos, que se comprometerão a manter as ações por pelo menos 12 ou 24 meses.

Essa proporção é um recorde para o STAR Market. Investidores que desejam adquirir os 20% restantes da oferta apresentaram propostas por um número de ação 284 vezes maior do que o disponível, de acordo com a documentação da companhia.

Os investidores estratégicos que adquiriram ações com lançamento em Xangai incluem o fundo nacional de pensões da China e diversos fundos de investimento relacionados a empresas estatais, seguradoras e bancos chineses, além de fundos mútuos.

Os compradores estrangeiros incluem os fundos estatais GIC Private e Temasek Fullerton Alpha, de Singapura, o Canada Pension Plan Investment Board e a Abu Dhabi Investment Authority.

O Alibaba também adquirirá 51,1 bilhões de yuan em ações, o equivalente a US$ 7,6 bilhões (R$ 42,6 bilhões), a fim de manter sua participação no Ant Group em cerca de um terço. Ma e os principais dirigentes do Ant Group deterão, juntos, 39,5% das ações, depois da oferta pública inicial mas antes do exercício de qualquer direito de “greenshoe”.

Tradução de Paulo Migliacci

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.