Descrição de chapéu Cifras &

Economistas apostam em podcasts para levar temas da área a público mais amplo

Laura Carvalho e Pedro Nery estão entre os que estrearam programas neste ano

São Paulo

Entender a alta do preço dos alimentos lavando louça, a desigualdade regional brasileira no intervalo do almoço e a experiência internacional na taxação de gigantes digitais como Google, Facebook e Amazon fazendo esteira na academia.

Tudo isso agora é possível, com os economistas brasileiros entrando na onda dos podcasts, com o objetivo de levar temas da área a um público mais amplo.

Entre as iniciativas surgidas neste ano estão os podcasts Entretanto e Curto-circuito, da economista Laura Carvalho; o Economisto, apresentado por Pedro Fernando Nery; e o Podcast das EconomistAs, de Paula Pereda e Laura Karpuska.

O economista Pedro Fernando Nery durante a gravação do podcast Economisto
O economista Pedro Fernando Nery durante a gravação do podcast Economisto - Divulgação

As novidades se juntam a projetos mais antigos, como o TerraçoCast, apresentado por Caio Augusto do portal Terraço Econômico, e o É da sua conta, podcast em português da Tax Justice Network, capitaneado por Grazielle David.

Com duração média de 30 minutos, os programas variam do formato mais tradicional, em que os apresentadores comentam temas quentes da semana, a conversas temáticas com especialistas e programas mais elaborados, com convidados internacionais e reportagens. Há vertentes da economia para todos os gostos, do liberalismo, a visões mais à esquerda.

No Entretanto, a professora de economia da USP e ex-colunista da Folha Laura Carvalho comenta um tema econômico por semana, enquanto o professor de direito da Unifesp Renan Quinalha aborda um assunto jurídico que esteja em alta.

“O direito e a economia são temas que têm uma importância grande em termos do que vem acontecendo no país nos últimos meses. São temas muito ligados à estrutura de poder e que usam muito uma linguagem própria, como forma de manter os temas fechados para debate interno, bloqueando a sociedade dessas discussões”, diz Carvalho.

“Ao facilitar essa linguagem, estamos de alguma maneira democratizando o conhecimento e trazendo as pessoas para esse debate.”

A partir do Entretanto, a economista foi convidada a transformar seu livro mais recente “Curto-circuito: o vírus e a volta do Estado” (Todavia, 2020) em um podcast de 12 episódios exclusivo para a plataforma Orelo. Aqui, como no livro, o foco é a pandemia e as respostas do Estado no Brasil e no mundo a essa nova realidade.

Capa do livro Curto-Circuito: O Vírus e a Volta do Estado, da economista Laura Carvalho
Capa do livro Curto-Circuito: O Vírus e a Volta do Estado, da economista Laura Carvalho - Divulgação

“Muita gente jovem ouve, tanto por uma questão geracional de eles serem mais ligados em podcasts, quanto porque não tem paywall, que é uma dificuldade para a leitura de jornais”, diz Nery, do Economisto, que tem esse nome pela mistura de economia com políticas públicas.

“É uma mídia um pouco inusitada para quem é economista, porque nós nos comunicamos muito por gráficos e tabelas e no podcast não tem como fazer isso, mas está funcionando bem, com boa repercussão e o programa sendo usado por faculdades”, diz o consultor legislativo do Senado e professor do IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público).

O Podcast das EconomistAs surgiu em julho a partir do grupo de pesquisa de mesmo nome, criado em 2017 na Faculdade de Economia da USP, com o objetivo de entender a baixa participação das mulheres na carreira e motivar as jovens que estão começando na área.

“Nosso principal norte no podcast é convidar mulheres para falar sobre economia ou homens economistas para falar sobre gênero, uma forma de engajar mais o público masculino nesse debate”, conta Paula Pereda, também professora da USP.

“Ao reconhecer a voz das mulheres no debate econômico, que é predominantemente masculino, queremos inspirar e motivar mais meninas a estudarem economia."

Com pouco mais de dois anos de existência, o TerraçoCast tem dois tipos de episódios: às sextas os apresentadores do programa discutem três temas quentes de economia e política da semana. Já às terças, o programa recebe convidados especiais.

“No Brasil, nunca falta pauta econômica, deve ser muito chato ser economista na Dinamarca, mas no Brasil é muito emocionante”, diz Caio Augusto.

“Sempre pegamos temas que estão no ar, que as pessoas estão querendo entender melhor, e tentamos embalar num produto que o cara consegue ouvir no intervalo do almoço, na academia, no trânsito, no intervalo do home office”, conta.

O É da sua conta, criado em maio de 2019, tem como mote falar sobre justiça fiscal, debatendo propostas para uma tributação mais justa. Cada episódio costuma ter uma narrativa central, a partir de diálogo entre as apresentadoras Grazielle David e Daniela Stefano, além de notícias e entrevistas com especialistas.

"Quando começamos não tinha muito podcast de economia. Algumas pessoas vieram falar ‘nossa, um podcast de economia, quem vai querer escutar isso?’”, lembra David.

“Mas tem um público muito interessante e novas iniciativas têm surgido. Parece haver sim uma onda e acho que faz sentido, porque o podcast é uma nova mídia, que tem ganhado espaço cada vez mais e tem um formato fácil –não exige uma internet muito boa, as pessoas podem ouvir fazendo outra coisa e é mais fácil de gravar do que vídeo.”

Para a economista, esse aspecto democrático do podcast casa bem com o objetivo do É da sua conta.

“A economia hoje tem servido para um público muito específico. Cada vez mais temos monopólios e o setor financeiro comandando as políticas econômicas. A ideia de ampliar esse conhecimento é mostrar que a economia não é só uma técnica, mas que ela na verdade faz parte do dia a dia e é possível conhecê-la e transformá-la. O objetivo de ampliar para o público é dizer ‘é possível transformar a economia e colocar ela a favor das pessoas’.”


Entretanto

Divulgação

Apresentando por Laura Carvalho, professora de economia da USP, e Renan Quinalha, professor de direito da Unifesp, o podcast discute temas quentes da semana nas áreas de economia e direito. Com periodicidade semanal, às terças-feiras, o programa criado em março de 2020 tem duração média de 30 a 40 minutos e está disponível nas principais plataformas de streaming.

Curto-circuito

Divulgação

Apresentado por Laura Carvalho, professora de economia da USP, o podcast é baseado no último livro da economista “Curto-circuito: o vírus e a volta do Estado” (Todavia, 2020) e discute, em 12 episódios, a pandemia e as respostas do Estado no Brasil e no mundo a essa nova realidade. Com periodicidade semanal, às sextas-feiras, o programa criado em setembro de 2020 tem duração média de 20 minutos. Disponível com exclusividade na plataforma Orelo.

Divulgação

Apresentado por Pedro Fernando Nery, consultor legislativo do Senado e professor do IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público), o podcast discute economia e políticas públicas com a participação de convidados, tendo a desigualdade como tema em sua primeira temporada. Com periodicidade semanal, às segundas-feiras, o programa criado em junho de 2020 tem duração média de 30 minutos. Disponível nas principais plataformas de streaming.

Podcast das EconomistAs

Divulgação

Apresentado pelas professoras Paula Pereda (FEA-USP) e Laura Karpuska (FGV), o podcast busca dar voz a economistas mulheres e estimular as jovens que estão começando na área. Com periodicidade semanal, às terças-feiras, o programa criado em julho de 2020 tem duração média de 30 minutos e está disponível nas principais plataformas de streaming.

TerraçoCast

Divulgação

Apresentado por Caio Augusto, Raquel de Sá, Renata Velloso e Victor Candido, do portal Terraço Econômico, o podcast discute o principais assuntos de política e economia da semana. Com periodicidade semanal, às sextas-feiras, e episódios especiais às terças-feiras com convidados. Criado em 2018, tem duração média de 25 a 30 minutos e está disponível nas principais plataformas.

É da sua conta

Divulgação

Podcast em português da Tax Justice Network sobre justiça fiscal, corrupção e globalização financeira, criado em maio de 2019. Apresentado por Grazielle David e Daniela Stefano, e com reportagens do jornalista Luciano Máximo, o programa tem periodicidade mensal, toda última quinta-feira do mês. Com duração média de 30 minutos, está disponível nas principais plataformas.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.