BC autoriza braço de investimentos do Nubank

Nu DTVM terá sede em São Paulo e capital social de R$ 2 milhões

São Paulo

​O Banco Central autorizou o funcionamento da Nu DTVM (Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários), braço de investimentos do Nubank. A decisão foi publicada nesta quarta-feira (23) no DOU (Diário Oficial da União).

A sede da companhia ficará em São Paulo e terá capital social de R$ 2 milhões. O controlador é David Vélez Osorno.

O Nubank já tinha dado o primeiro passo em direção ao mundo dos investimentos em janeiro, quando criou sua gestora e se filiou à Anbima (Associação Brasileira das Entidades de Mercados Financeiro e de Capitais).

Cartões de crédito do Nubank; BC autoriza funcionamento da Nu DTVM
Cartões de crédito do Nubank; BC autoriza funcionamento da Nu DTVM - Paula Arend Laier - 11.dez.2018/Reuters

Até então, a gestora controlava apenas o caixa do próprio grupo Nubank, buscando maior eficiência.

A Nu Investimentos possui autorização de funcionamento como administradora de carteiras e valores mobiliários pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) desde julho de 2018.

Além disso, em setembro deste ano, o Nubank também havia anunciado a compra da corretora Easynvest. A compra foi autorizada pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) em outubro sem restrições. À época, o banco digital havia informado que eventualmente integraria os serviços das duas plataformas.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.