Odebrecht vira Novonor, e sobrenome se torna marca do passado no grupo

Mudança na holding encerra processo de tentativa de dissociar imagens dos escândalos

São Paulo

O Grupo Odebrecht, responsável pela maior delação premiada da Operação Lava Jato, anunciou nesta sexta-feira (18) que passa a se chamar Novonor —junção das palavras “novo” e norte”.

A holding era a única marca que ainda mantinha o sobrenome da família fundadora. Nos últimos anos, na tentativa de desassociar sua imagem dos escândalos, o grupo renomeou todas as subsidiárias (com exceção da Braskem, uma sociedade com a Petrobras) e retirou a tradicional cor vermelha dos logotipos.

O anúncio desta sexta foi feito por Maurício Odebrecht, único membro da família que faz parte do conselho de administração atualmente.

“Essa é uma decisão histórica para nós. Estamos apresentando a marca de uma empresa inteiramente transformada, e que passa a contar a sua história a partir de agora sempre olhando para o futuro”, afirmou Maurício em nota enviada pela empresa.

Ele disse ainda que a mudança não era para apagar o passado. “Passado não se apaga. Passado é exatamente o que ele é —passado. Depois de tudo o que promovemos de mudanças e de correção de rumos, estamos agora olhando para o que queremos ser: uma empresa inspirada no futuro. Esse é o nosso novo norte.”

Sede da Odebrecht na cidade de São Paulo - Amanda Perobelli - 29.jul.19/Reuters

Um amigo da família, que pediu anonimato, afirmou que, com a troca de nomes, caso a empresa decrete a falência, não será mais o sobrenome da família que irá falir.

O Grupo Odebrecht tem 25 mil empregados e seis empresas nas áreas de engenharia e construção, mobilidade urbana e rodovias, petróleo e gás, mercado imobiliário, petroquímica e indústria naval.

A OEC antes era Odebrecht Engenharia e Construção. A Ocyan era Odebrecht Óleo e Gás. A Atvos era Odebrecht Agroindustrial. A Odebrecht Realizações Imobiliárias passou a se chamar OR. Ea Odebrecht TransPort virou OTP.

O nome da família permanece apenas na Fundação Norberto Odebrecht, instituição sem fins lucrativos.

A Odebrecht já foi considerada a maior empreiteira do Brasil. Antes da Lava Jato, enquanto o presidente ainda era Marcelo Odebrecht, que ficou pouco mais de dois anos preso em Curitiba, o grupo tinha 170 mil funcionários e um faturamento de R$ 100 bilhões.

A empresa passa por um processo de recuperação judicial, considerado o maior da história do país, com dívidas totais estimadas em R$ 98,5 bilhões.


A Odebrecht mudou o nome de quase todas as empresas do grupo.

Veja como eram e como ficaram:

  • Odebrecht Novonor
  • Odebrecht Construtora OEC
  • Odebrecht Agroindustrial Atvos
  • Odebrecht Óleo e Gás Ocyan
  • Odebrecht Realizações Imobiliárias OR
  • Odebrecht Transport OTP
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.