PIB da zona do euro cai 0,6% no 4º trimestre

Agência de estatísticas da União Europeia estimava contração trimestral de 0,7%

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Bruxelas | Reuters

O PIB (Produto Interno Bruto) da zona do euro no último trimestre de 2020 caiu menos do que o estimado inicialmente, segundo dados da agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, divulgados nesta terça-feira (16).

A agência informou que a economia dos 19 países que usam o euro contraiu 0,6% no quarto trimestre em relação aos três meses anteriores, registrando queda de 5,0% na base anual. A Eurostat havia estimado anteriormente uma contração trimestral de 0,7% e de 5,1% em termos anuais.

Bandeiras da União Europeia em Bruxelas, Bélgica - François Walschaerts/AFP

A Eurostat também informou que o emprego cresceu 0,3% nos últimos três meses de 2020 em relação ao período anterior, após alta trimestral de 1,0% no terceiro trimestre, mas que ainda está 2,0% abaixo do mesmo período do ano anterior.

Indústria em queda

A produção industrial da zona do euro encolheu mais do que o esperado em dezembro pressionada pela queda na fabricação de bens de capitais e de consumo não duráveis.

Segundo a Eurostat, a produção caiu 1,6% no comparativo mensal e 0,8% no comparativo anual, já que grande parte da economia foi fechada para evitar a propagação da pandemia de Covid-19.

Economistas ouvidos pela agência de notícias Reuters esperavam queda de 1% na comparação mensal e de 0,3% anualmente.

A produção de bens de capital, usada para investimentos, recuou 3,1% no mês e na comparação anual, enquanto a produção de bens de consumo não duráveis –geralmente alimentos ou roupas– recuou 0,6% no mês e 3,9% no ano.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.