Bolsa sobe 1,35% com aprovação da PEC Emergencial no Senado

Papéis de Petrobras e Cosan têm forte alta

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A Bolsa brasileira destoou dos principais mercados globais nesta quinta-feira (4). Enquanto os índices acionários no exterior fecharam em queda, o Ibovespa subiu 1,35%, a 112.690,17 pontos.

A alta é um reflexo da aprovação da PEC Emergencial no Senado, que limita a volta do auxílio emergencial a R$ 44 bilhões. A PEC também estabelece os chamados gatilhos fiscais, a serem acionados quando a despesa obrigatória ultrapassar 95% da despesa primária total.

Na véspera, investidores temiam que o Bolsa Família fosse retirado do teto de gatos pelo projeto, o que não aconteceu, representando um alívio fiscal ao mercado.

"A aprovação da PEC emergencial somente antecipa o início de uma longa jornada. Ainda que promova estabilização a curto prazo, o processo de reajuste das contas públicas ainda carece de importantes reformas", afirma a equipe da Guide Investimentos em relatório.

Em reflexo à aprovação da PEC, o dólar chegou a cair 2%, para R$ 5,5450, mas ganhou força com aversão a risco no exterior, terminando o pregão em leve queda de 0,03%, a R$ 5,66. O turismo está a R$ 5,83.

Os principais índices no exterior fecharam em queda após comentários de Jerome Powell, presidente do Fed (banco central dos Estados Unidos), decepcionarem investidores preocupados com o aumento dos rendimentos dos títulos de longo prazo dos EUA.

A taxa do título do Tesouro americano de dez anos disparou para 1,555% após falas de Powell que não apontaram mudanças nas compras de ativos do Fed para enfrentar o recente salto nos rendimentos. Apesar da alta, o juro ainda se manteve abaixo da máxima em um ano alcançada na semana passada, de 1,614%.

Alguns investidores esperavam que o Fed aumentasse as compras de títulos de longo prazo, ajudando a reduzir as taxas de juros de vértices mais dilatados.

"O mercado está preocupado com o aumento das taxas de juros de longo prazo. O chair do Fed em seu comentário realmente não rechaçou esse aumento, e o mercado interpretou isso como um sinal de que os rendimentos poderiam subir ainda mais, que foi o que aconteceu", disse Scott Brown, economista-chefe da Raymond James.

Além disso, dados divulgados hoje mostram que o desemprego segue alto no país. A criação líquida de vagas no setor privado dos EUA ficou abaixo do esperado para fevereiro, em meio a perdas nos setores de manufatura e construção.

A abertura de postos no setor privado dos EUA ficou em 117 mil empregos no mês passado, depois de somar 195 mil em janeiro, mostrou o Relatório Nacional de Emprego da ADP. O relatório é produzido em parceria com a Moody's Analytics.

Economistas consultados pela agência de notícias Reuters previam geração líquida de 177 mil empregos em fevereiro.

O Nasdaq fechou em queda de 2,11%. O índice apagou ganhos acumulados no ano e está cerca de 10% abaixo do pico de 12 de fevereiro.

Dow Jones caiu 1,11% e o S&P 500 perdeu 1,34%.

Brasil

No Brasil, notícias corporativas também deram sustentação à alta do Ibovespa.

As ações de Rumo e Cosan dispararam no pregão desta quinta, após a Rumo, braço de logística do grupo Cosan, estimar investimentos de R$ 3,3 bilhões a R$ 3,9 bilhões para este ano. A companhia também projetou Ebitda (lucro líquido antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 4 bilhões a R$ 4,4 bilhões para 2021.

A Rumo terminou o pregão com alta de 7,36% e a Cosan, de 8,68%.

Nesta quinta, a Rumo também inaugurou o trecho da ferrovia Norte-Sul entre São Simão (GO) e Estrela D’Oeste (SP), o que deixa a concessionária com conexões nos seis principais estados produtores do país, além de ligá-la à Malha Paulista.

A Petrobras também teve um pregão positivo, impulsionada pela recuperação dos papéis e pela alta do preço do petróleo no exterior.

Próximo ao fim das negociações, o barril de Brent (referência internacional) sobe 4,9%, a US$ 67,19.

As ações preferenciais (mais negociadas) da Petrobras fecharam em alta de 4,86%. As ordinárias (com direito a voto) subiram 4,29%.

A Hering, por sua vez, saltou 8,62%, apesar da queda no lucro do último trimestre de 2020, enquanto as vendas mesmas lojas subiram 1%.

A empresa anunciou investimento de R$ 131 milhões em 2021, seu "maior investimento da história". Os recursos irão para tecnologia, reestruturação de sistemas, plataformas digitais e modenização de parque industrial e logístico.

A reação veio após a ação cair 13,7% em fevereiro, com março negativo em 1,1% até a véspera.

A Taesa se valorizou 6,02%, após lucro de R$ 829 milhões no quarto trimestre, um salto de 194,7% na comparação ano a ano, ajudada pela disparada do IGP-M, aquisições e conclusão de projetos. A empresa também aunciou distribuição de dividendo adicional.

Já a Vale caiu 1,48%, com realização de lucros após fortes ganhos no começo da semana, alinhada a outras mineradoras no exterior. Até a véspera, Vale subia mais de 6% na semana. No ano, a alta era de 14,75%.

A Gol, por sua vez, cedeu 5,02%, com dados de tráfego mostrando queda na demanda em fevereiro.

Na semana, o Ibovespa acumula alta de 2,4%, que se confirmada na sexta-feira será a primeira performance semanal positiva em um mês.

(Com Reuters)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.